30 de set de 2012

Eu queria realmente poder me acostumar



Eu queria realmente poder me acostumar com a tua ausência. Acostumar com a falta de um sms seu de madrugada tentando me acordar. Quero não mais sentir falta do seu abraço, do seu sorriso e do seu sotaque. Quero não mais precisar contar os dias pra te ver, muito menos te esperar. Não encaixar-te em todas as canções do meu celular. Não quero mais passar noites acordada escrevendo de ou para você. Não quero pensar na quantidade de histórias que tenho pra te contar, mesmo que muitas delas sejam sobre nós no presente, passado ou futuro. Não quero que você saiba mais de todos os meus planos, e muito menos que estás incluso na maioria deles. Quero me acostumar a deixar você ir, sem te implorar para ficar.