26 de set de 2012

Eu tento não pensar em você

Eu tento não pensar em você na mesma frequência em que preciso respirar. Antigamente eu conseguia pensar em outros corpos, principalmente entre uma dose e outra numa noite de sexta feira nublada. Mas ai, com o tempo, percebi que aqueles corpos não eram o seu, aquelas doses começaram a ficar fracas demais, nem toda droga do mundo me fazia te esquecer.


Por quantas noites deitei decidida te deixar, pedir para você seguir em frente. Mas ao acordar tudo que penso é em todos os nossos sonhos e desejos. Não quero que me digam o que fazer, muito menos o que sentir com relação a você, a nós. Não quero mais as pessoas me julgando por te amar desse jeito e jurando que nunca dará certo. Não quero acordar sozinha numa cama qualquer, sentindo frio porque seu corpo não está junto ao meu. Quero de uma vez por todas olhar em seus olhos e te pedir pra ficar, não uma noite ou um final de semana, pra sempre.