16 de out de 2012

Saudade


Hoje tirei o dia pra viver de nostalgia. Observei fotos antigas. Me lembrei de pessoas, lugares, músicas e momentos. Principalmente momentos. Como as coisas eram incríveis, ao seu jeitinho.  Pessoas que foram, que chegaram e que realmente ficaram. Encontrei coisas que escrevi anos atrás, todas elas gritavam por saudade. Hoje tenho saudade daqueles tempos, e o meu maior medo é que daqui alguns anos sinta saudade do agora. Precisamos aprender a não viver de expectativas mas do presente. O mais clichê da vida é que nada é por acaso. O passado dá saudade e o futuro é o espelho do agora. Aqui não é um conto de fadas princesa, o que passa realmente se vai e se você não puxar pra você, ele nunca mais volta. Não há amor que aguente. Logo estarei novamente, sentada ao lado de alguém, contando minhas histórias, narrando meus momentos e mostrando minhas imagens. Relembrando de amigos que me conheciam como ninguém, é conheciam. O mais incrível da vida é que as coisas sempre mudam, para melhor. Espero que, no futuro, sinta apenas saudade do agora só pra provar que valeu a pena porque estarei realmente preocupada vivendo o nosso presente, ouvindo nossas músicas antigas. Esse momento é logo depois daquele em que eu te pedi pra ficar e ai, você sabe.