31 de out de 2012

Saudade



Saudade de estar apaixonado. Saudade do frio na barriga, a ansiedade para o próximo feriado, os planos para a próxima ida ao cinema. Saudade de sentir arrepio na espinha quando alguém toca meus cabelos ou brincar de girar minha pulseira. Saudade do beijo entre risada, da sinceridade, do companheirismo. Saudade de tomar um ônibus no meio da tarde e só te encontrar a noite. Saudade do abraço, do perfume marcante, do jeito de falar. Saudade de sorrir ao ler uma mensagem de bom dia, saudade de enviar um de boa noite. Saudade de ouvir uma música e liga-lá à um nome, escrever algo direcionado e não entrelinhas para que se adivinhe. Saudade do eu te amo, eu te quero, eu sinto sua falta. Saudade do tempo que já passou. Saudade de um elogio sincero, de uma briga boba que termine em risos. Saudade de sentir saudade. Acho que até sinto saudade de te pedir pra ficar, no fim das contas. Ou talvez seja só saudade de você.