Marília de Azevedo

Encaixe

23:35

Senti suas mãos nas minhas e foi como se você nunca tivesse partido. De certa forma não partiu. Esteve aqui sempre presente em seu silêncio. E por isso nem por um momento eu tive medo de estar sozinha. Sempre precisei de alguém que cuidasse de mim. Alguém com pulso firme e mãos macias. E quem poderia dizer que você me conhecia tão melhor que eu mesma?

Ah, meu amor, eu queria poder dizer que senti saudade. Mas foi bem mais que isso. Eu posso muito bem sobreviver, inteira, sem você. Mas tem aquela partezinha em que você se encaixa tão perfeitamente, sendo você o oposto de mim. E é justamente essa partezinha que fica ali exposta, como uma ferida aberta, me lembrando que é você. É você que não me completa, mas me acrescenta um mundo.

Você que me faz perceber toda essa complexidade de como duas pessoas tão distintas podem ser uma só, e continuarem a ser duas, nesses mistérios que não há filosofo, cientista, ou astro de rock que consiga explicar.

Quando você não está, é como respirar só por reflexo, sem sentir que é esse ar que entra e sai dos meus pulmões que faz a vida acontecer. É viver só por viver. Sem ter um por quê...
E eu sou dessas pessoas complicadas que precisam tanto de um maldito por quê. Por que me levantar, por que fazer planos, por que me arrumar, por que me exercitar, por que sair da minha tão linda bolha.

Porque sim, oras.

Porque eu sou jovem, livre e preciso conquistar o mundo.

É nesse momento que eu rio e pra mim mesma eu sussurro baixinho: é por você.




You Might Also Like

0 comentários

SUBSCRIBE

Todo o conteúdo é criado pela equipe do blog e qualquer cópia total ou parcial deve ser creditada ao seu devido autor. - See more at: http://www.raiannymartins.com/2014/03/cartas-para-o-meu-primeiro-amor-mais-um.html#sthash.F1Ctpv9o.dpuf
Todo o conteúdo é criado pela equipe do blog e qualquer cópia total ou parcial deve ser creditada ao seu devido autor. - See more at: http://www.raiannymartins.com/2014/03/cartas-para-o-meu-primeiro-amor-mais-um.html#sthash.F1Ctpv9o.dpuf

Todo o conteúdo é criado pela equipe Idealiizar e qualquer cópia total ou parcial deve ser creditada a seu devido autor. Todas as opiniões aqui expressas são de total responsabilidade de seus autores. Declaro que as imagens aqui utilizadas não são de minha autoria, salvo exceções, e que qualquer problema relacionado ao uso indevido de imagem deverá ser encaminhado para idealizar.me@gmail.com.