Tayla Sanchez

Paixão de metrô

23:09




Aquele dia tinha tudo pra dar errado. Acordei atrasada, perdi meu sapato preferido e deixei cair café sobre a matéria que eu estava estudando na noite passada. Sai atrasada, correndo, com os braços cobertos de pastas e relatórios que deveriam ser entregues lá na faculdade. Entrei no metrô e fiquei presa em uma das portas porque minha bolsa era grande demais. Resmunguei um pouco, mas no fim sempre acabo me divertindo com minhas próprias trapalhadas diárias. Foi quando o observei.

Ele estava encostado na parede oposta a mim, viu toda aquela bagunça que fiz para entrar no metrô e sorriu. Não de deboche, mas aquele sorriso que diz você me diverte. Sorri também, tirei um pedaço do cabelo que caia sobre meus olhos e lamentei por não ter passado uma camada a mais de rímel. Nossos olhos se encontraram algumas vezes, por milésimos de segundos, mas não pude deixar de notar. Seus ombros largos, sua boca desenhada, seus cabelos jogados. 

Foi quando meu coração começou a travar uma luta com meu cérebro. Um deles dizia vai, sorri pra ele, não custa nada, você vai perder sua chance, nunca mais vai vê-lo de novo, aproveita, vai até ele, puxa papo, olha que sorriso lindo, e esses olhos? Pode ser o homem dos seus sonhos indo esbarrar em outra princesa por ai. E o outro discordava dizendo é olha bem esses olhos, esse cabelo, fica aqui na sua e observa bem tudo isso. Mas fica aqui, quietinha, com sua vergonha e seus princípios. Deixa que talvez ele venha falar com você, mas não olha assim tão descaradamente, disfarça. Finge que não tá nem ai.

As portas do metrô se abriram, pessoas se acotovelaram, se empurraram e ele saiu. Olhou para trás pela última vez e sorriu de novo e me peguei sorrindo também, foi involuntário. Ele subiu as escadas e eu voltei para minha rotina estressante. Talvez nunca mais o veja, talvez se tivesse ido puxar papo nos encontraríamos de novo, talvez ele fosse completamente diferente por dentro. Mas quem nunca teve uma paixão de metrô, que passe primeiro pela catraca.



You Might Also Like

0 comentários

SUBSCRIBE

Todo o conteúdo é criado pela equipe do blog e qualquer cópia total ou parcial deve ser creditada ao seu devido autor. - See more at: http://www.raiannymartins.com/2014/03/cartas-para-o-meu-primeiro-amor-mais-um.html#sthash.F1Ctpv9o.dpuf
Todo o conteúdo é criado pela equipe do blog e qualquer cópia total ou parcial deve ser creditada ao seu devido autor. - See more at: http://www.raiannymartins.com/2014/03/cartas-para-o-meu-primeiro-amor-mais-um.html#sthash.F1Ctpv9o.dpuf

Todo o conteúdo é criado pela equipe Idealiizar e qualquer cópia total ou parcial deve ser creditada a seu devido autor. Todas as opiniões aqui expressas são de total responsabilidade de seus autores. Declaro que as imagens aqui utilizadas não são de minha autoria, salvo exceções, e que qualquer problema relacionado ao uso indevido de imagem deverá ser encaminhado para idealizar.me@gmail.com.