14 de fev de 2013

Passion





A gente chora, luta, insiste, persiste, tenta mais uma vez. Tranca o coração a sete chaves e grita aos ventos que nunca mais vai abrir. Tá tudo muito bom e muito bem, obrigada. Dizemos que estamos felizes vivendo de festas e voltando sozinhos para casa depois de uma noite de diversão e outra, e mais uma. Emendamos festas em outras festas, ocupamos a cabeça do jeito que dá pra tentar manter o sentimento do lado de fora, bem ali do lado do capacho da entrada. E quando não estamos sozinhos nos contentamos em ficar com alguém, só alguém.

Ai o coração continua insistindo, as festas vão ficando cada vez mais chatas. Uma brechinha que a gente dá, um minuto que esquecemos a porta aberta e ele entra. Como um cachorro desesperado, faminto por carinho e atenção. Aquela paixão maluca misturado com aquele desejo de estar junto e uma porção enorme de por favor de novo não. Sua mente continua relutando, negando e fingindo não querer se entregar. Mas ai aos pouquinhos você sente que não vai conseguir colocá-lo porta afora e decide deixar ele ficar. Mas calma lá, fica ali no seu cantinho porque não quero me envolver.

Mas vou te dizer, estar apaixonado é bom. Melhor ainda quando recebe essa paixão de volta. Não tô falando de amor, de casamento, de felizes para sempre. Aquela paixão mesmo, que dá e passa. Ou que as vezes até fica. Paixão sem cobrança, sem compromisso, sem remédio, sem cura. Aquela coisa louca, sem medo das consequências, sem medo do que pode ou não acontecer. Paixão que te invade, que faz o sangue ferver e deixa as bochechas coradas. Que deixa o coração acelerado, as pernas bambas e trava a fala. 

Porque no fim, nós vamos nos apaixonar inúmeras vezes durante a vida. Algumas vão partir, outras deixam marcas. Têm aquelas que a gente sente a necessidade de encontrar a cura, outras que a gente precisa implorar para que fique. Mas a melhor delas é aquela sincera, mesmo que, no fim, saia voando como todas as outras. Porque naquele momento era incrível. E o que importa é se apaixonar, aqui e agora.