3 de mar de 2013

Sinceridades




Não espere eu te ligar para vir me ver.

Se quer, venha.

Eu não vou bater a porta na sua cara, a não ser que você mereça. Posso até te dizer que estou cansada e desconversar, mas pode crer que estarei ao menos sendo sincera. E cara, você não pode esperar outra coisa de mim a não ser sinceridade. Também não insista se eu disser não, porque o que eu quero, eu faço.

Não vejo problemas em ir atrás do que eu quero também. E quando eu quiser, eu irei.
Mas eu gosto de ser mimada, quem não gosta não é? Então eu só te posso pedir que se quiser me ver, venha.

Mas se não quiser, eu vou entender.

A vida é cheia de poréns, mas não se perca pelos "e se...".