18 de mar de 2013

Se correr, o bicho pega.

Cara, tá difícil.

Tá difícil porque eu entrei numa maratona contra eu mesma, e tá aí uma competição impossível de se vencer. Mas também não dá pra desistir e largar essa corrida no meio. Sério, eu tentei dar um basta e ir mais devagar. Não dá, não consigo. Eu tento ir com mais calma, poupar fôlego, mas quando dou por mim já estou me atropelando novamente.

 A vida tem disso sabe? A gente precisa mesmo é se aceitar. Aceitar que somos o que somos e muitas vezes correr atrás do prejuizo. Eu estava correndo desvairada, desesperada para me encontrar e me pararam com uma frase bem no meio da minha loucura "A vida não é sobre se encontrar, é sobre criar a si mesmo"

E que tipo de criaturas estamos criando? Somos apenas crianças perdidas entre nossos sonhos e nossa realidade. Muitas vezes já calejadas e cheias de cicatrizes dessa mania que a vida tem de brincar estupidamente com a gente, outras vezes apenas com medo demais para ir brincar lá fora.

 Não importa. O final é sempre mesmo. E pode ter certeza, se você não corre contra o tempo, ele corre contra você.