amor

O abuso da solidão

20:54



Era uma noite de sábado qualquer. Já tinha passado o dia todo fora, vivendo nessa correria diária e nessa vida insana que escolhi viver. Cheguei em casa exausta. Fazia frio. Me encolhi entre uma camada grossa de cobertores e agradeci por ter algumas horas de sono a mais no dia seguinte.

Noites como essa, onde deito sozinha e relaxo, são onde começo a pensar ainda mais em você. Me obriguei com o tempo a limitar esses pensamentos. Ocupar a mente com outras coisas porque eu realmente precisava te deixar para trás. Mas não foi bem assim dessa vez. Liguei a televisão num momento de desespero para conseguir te afastar, você sabe que eu odeio toda a programação da TV aberta, me enjoa. Num canal qualquer, um apresentador qualquer, anunciou um cantor qualquer. A plateia inteira chorando, gritando e amando o cara. Sorri, porque no fundo meu eu intelectual as vezes se diverte com isso.

Todos sorrindo e dizendo coisas que pouco importavam. Eram aquelas imagens que eu estava usando para conseguir de deixar de lado aqui dentro. Uma nova música foi anunciada. Falava de distância, amor, saudade. Lembrei de nós. Droga, nem as porcarias que passam diariamente na TV que entretém tanta gente me deixa conseguir te esquecer.

Já tinha jurado milhares de vezes que não me importaria mais, deixa tudo na mão do destino e ver como é que dá. Já tinha me segurando inúmeras vezes para não te ligar no meio da madrugada só para ouvir sua voz, pedir desculpas e dizer que a saudade já estava me matando. Várias vezes, mas essa precisava ser diferente. 

Suspirei até o ultimo acorde. Segurei as lágrimas e desliguei a TV. Naquela manhã tinham me dito que já tinha passado da hora de dar certo. Todas as minhas amigas do colégio já estavam apaixonadas. Mas a verdade é que bem lá no fundo eu não quero dar certo com outro alguém, quero dar certo com você. Fechei os olhos, apertei mais o travesseiro. Aceita menina, noites de sábado não foram feitas para chorar.





You Might Also Like

0 comentários

SUBSCRIBE

Todo o conteúdo é criado pela equipe do blog e qualquer cópia total ou parcial deve ser creditada ao seu devido autor. - See more at: http://www.raiannymartins.com/2014/03/cartas-para-o-meu-primeiro-amor-mais-um.html#sthash.F1Ctpv9o.dpuf
Todo o conteúdo é criado pela equipe do blog e qualquer cópia total ou parcial deve ser creditada ao seu devido autor. - See more at: http://www.raiannymartins.com/2014/03/cartas-para-o-meu-primeiro-amor-mais-um.html#sthash.F1Ctpv9o.dpuf

Todo o conteúdo é criado pela equipe Idealiizar e qualquer cópia total ou parcial deve ser creditada a seu devido autor. Todas as opiniões aqui expressas são de total responsabilidade de seus autores. Declaro que as imagens aqui utilizadas não são de minha autoria, salvo exceções, e que qualquer problema relacionado ao uso indevido de imagem deverá ser encaminhado para idealizar.me@gmail.com.