28 de abr de 2013

Still my guitar gently weeps



Uma pessoa pode acabar com os lugares que eu adorava ir, pode mudar minha opinião sobre o mundo, pode até destruir os sonhos que eu tinha, só não pode estragar minhas músicas favoritas.


Na noite a banda toca While my guitar gently weeps, e eu me lembro de você cantando a pelos pulmões em seu carro, em um domingo ensolarado qualquer, com seu ray ban aviador, enquanto meu mundo parava para admirar essa cena com meu ray ban new way. Enquanto você era tudo que eu adorava e o que eu mais queria era estar ao seu lado, fosse como fosse.


Como dois personagens saídos de um filme retro qualquer, podíamos conquistar o mundo com nossas jaquetas de couro e o bom e velho rock'n'roll de trilha sonora. Sem pressa nenhuma, sem ter nada a perder. Até perdermos o rumo, um contra o outro, em alta velocidade e sem freios.


Hoje eu aprendi a ser sozinha. Hoje eu aprendi a não te esperar mais enquanto perco o sábado a noite, enquanto a vida passa e sem que eu perceba. Hoje você não é mais nada daquilo, hoje você se tornou simplesmente nada. Hoje você é só mais um desses garotos que não sabe o que quer querendo curtir a sua vida rasa nessa cidade tão carente de amor.


E eu quero mais. Eu quero voar mais alto e sonhar mais perto. Eu quero esquecer que o quadro de Abbey Road pendurado na cabeceira da sua cama fez tanta diferença na minha vida e poder ouvir minhas bandas favoritas em paz. Sem pensar no quanto você também mudou e me afastou. Eu queria que você ainda estivesse aqui...