14 de mai de 2013

Noites perdidas




As vezes prefiro não dormir, pra não pensar tanto, parece que meu travesseiro é um ninho de pensamentos, tantas lembranças e fica fácil idealizar um novo fim, um novo recomeço pra nós dois. 

Tem coisas que precisam ser esquecidas e outras que faço questão de lembrar pra não cometer o mesmo erro. O problema é pensar que são os erros que fazem os acertos. 

 Eu esqueci, esqueci o efeito que seu sorriso tem sob mim, esqueci o calor do teu abraço, e esqueci o quanto teus olhos tão traiçoeiros me diziam o tempo todo que não podia viver sem mim. Quanta bobagem, olha só como você está vivendo tão bem, não que isso me ofenda, essa história que só te desejo mal é pura mentira, eu não guardo rancor. Eu guardo lembranças, lições e aprendizados. Guardo esperança de que eu tenha aprendido de uma vez por todas, e você também, não cometa o mesmo erro novamente.

 E quando eu te disse em nossa última conversa "se cuida" era verdade ok ? Eu espero que aprenda a se cuidar e a cuidar de quem te ama. Espero que aprenda a andar sozinho por ai, como eu aprendi a parar de procurar seus braços pra me apoiar.