Denis Casagrande

"A violência é tão fascinante..."

11:27


Queria fazer um post diferente hoje, mas essa semana tem sido difícil para mim. Eu diria que tem sido difícil para qualquer pessoa com um bom senso de humanidade, e que nesse caso não seria só essa semana que tem sido difícil, mas tipo, os últimos mil anos. Pensando bem, as coisas devem ser dolorosas assim desde o início dos tempos, nós é que desviamos o olhar a maior parte do tempo.

O caso do assassinato de um estudante da unicamp, espancado e esfaqueado em uma festa dentro da própria universidade, tem repercutido na mídia a nível nacional, apesar de muitas das informações divulgadas serem divergentes e muitas vezes até incoerentes. Denis Casagrande, de 21 anos, era daqui de Piracicaba e foi meu colega de colegial. Era um garoto estudioso, tranquilo e sorridente. Cursava agora o segundo ano do curso de engenharia de controle e automação na mesma universidade em que foi morto. 




A página "Somos todos Denis" foi criada no facebook para que os fatos sobre o que aconteceu naquela noite fossem divulgados corretamente, assim como para divulgar os protestos que estão rolando por conta desse caso. Em um dia, a página já tinha mais de 8 mil pessoas curtindo. Mais de 8 mil pessoas inconformadas com a barbárie e o descaso com uma vida humana. Você pode conferir a história toda lá na página (https://www.facebook.com/somostodosdenis).

Denis não foi o primeiro, e infelizmente não será o último, a ser morto de forma tão brutal por um motivo banal. Alias, que motivo seria válido para se tirar uma vida humana? Ciúmes? Ganancia? Vingança? Orgulho? Nada justifica tamanha covardia. Nada justifica tirar de alguém seu direito a vida.

Ele tinha planos. Tinha uma vida toda pela frente. Quantos nomes sem rosto acabam se tornando apenas números nas estatísticas sobre a violência diariamente, sem que nenhuma atitude seja tomada? E quanto as famílias, os amigos, as responsabilidades e sonhos de toda essa gente?

Sei que o futuro tem o costume de cair em meio ao vão. Sei também que todos temos o mesmo destino afinal de contas. Só não é justo que seja dessa forma. O mundo já um lugar difícil com todas as doenças e catástrofes que não podemos controlar. Some isso à violência,  à injustiça, ao desrespeito e ao desamor, e eu não sei o que a humanidade ainda está fazendo sobre a face da terra, além de estrago.

"... Afinal, amar ao próximo é tão démodé"

(título e frase final da música Baader-Meinhof Blues - Legião Urbana)


You Might Also Like

0 comentários

Comentários

SUBSCRIBE

Todo o conteúdo é criado pela equipe do blog e qualquer cópia total ou parcial deve ser creditada ao seu devido autor. - See more at: http://www.raiannymartins.com/2014/03/cartas-para-o-meu-primeiro-amor-mais-um.html#sthash.F1Ctpv9o.dpuf
Todo o conteúdo é criado pela equipe do blog e qualquer cópia total ou parcial deve ser creditada ao seu devido autor. - See more at: http://www.raiannymartins.com/2014/03/cartas-para-o-meu-primeiro-amor-mais-um.html#sthash.F1Ctpv9o.dpuf

Todo o conteúdo é criado pela equipe Idealiizar e qualquer cópia total ou parcial deve ser creditada a seu devido autor. Todas as opiniões aqui expressas são de total responsabilidade de seus autores. Declaro que as imagens aqui utilizadas não são de minha autoria, salvo exceções, e que qualquer problema relacionado ao uso indevido de imagem deverá ser encaminhado para idealizar.me@gmail.com.