amor

Amor eterno

12:03

Untitled



O que é, de fato, o tão sonhado amor eterno de que todos falam tanto? Romeu e Julieta que, depois de se foderem tanto, encontram a paz que eles precisavam para viver o tão sonhado amor que lhes fora tirado. Shakespeare que me perdoe, mas esse tal de amor eterno não existe. Porque na verdade, esse tal de que todos falam, não machuca, não decepciona, não fere, não dói, e não o faz sentir justamente porque ambos já estão mortos. Então é assim o amor eterno?
 
Amor sem dor, amor sem culpa, sem medo, desespero, ciúme, saudade. Amor sem erro, sempre em frente, sem curvas ou dúvidas. Isso meu amigo na verdade é amor platônico, não amor eterno. Seu amor platônico nunca na vida vai te decepcionar, porque talvez já tenha morrido ou você nunca sequer falou com ele. Ou talvez seja aquele amor que sentou do seu lado do metro a noite passada, mas você sequer sabe seu nome. É amor, mas ainda assim não é eterno.

Esse tipo ai, que todos sonham, só é bonito em filmes de romance. A mulher morre de uma doença terminal, o cara sofre até o fim do filme, morreu velho, solteiro e sozinho mas ainda tem gente que sai do cinema chorando e dizendo "quero um amor assim, eterno". Morre que passa colega - me desculpe. Também é bonito na música, aquelas bem dramáticas mesmo que você só ouve quando o coração arde. Mas quem foi o infeliz e pseudo gênio literário que ditou isso como regra? Por favor, alguém mande flores ao seu túmulo e um cartão em meu nome com os dizeres "você fodeu a vida de muita gente cara".

Amores assim, não existem. Existe aquele amor que vai te ferir, vai ficar tatuado dentro de você, que vai deixar saudade. Cheio de erros e defeitos, mal dizeres e carências, que você vai mandar pra longe e depois vai perceber que era só a TPM te atacando de novo. Amor que você cutuca a costela para ele parar de roncar. Amor que você faz o que ele gosta, mesmo que você deteste - mas porque você quer e não porque ninguém te pediu. Que vai te deixar de mau humor por brincadeiras idiotas, palavras erradas naquele momento.

Amor que confunde, que as vezes dói, que dá saudade e ciúme - porque esses desgraçados sempre insistem em aparecer. Mas esse ai não tem nada de amor eterno, o nome disso é amor. E só. Essas quatro letras com significado imenso que muitos passam a vida toda procurando mas esquecem de tirar a venda criada pelo Romantismo lá no século XIX. Feliz aquele que descobre como é amar, do seu jeito, mesmo que cheio de defeitos, medos e principalmente recomeços. Porque já dizia meu querido Frejat: desejo que você tenha a quem amar, e quando estiver bem cansado ainda exista amor pra recomeçar. 

 

You Might Also Like

2 comentários

  1. Olá, passei apenas pra dizer que já estou te seguindo e voltarei aqui futuramente pra fazer comentários sobre os posts.
    Seu blog é maravilhoso, convido você e suas leitoras a conhecer meu blog
    http://toobege.blogspot.com.br/
    Beijinhos

    Quem seguir no insta, sigo de volta http://instagram.com/theworldofmari

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Mariana, seja bem vinda espero que goste =)

      Excluir

Comentários

SUBSCRIBE

Todo o conteúdo é criado pela equipe do blog e qualquer cópia total ou parcial deve ser creditada ao seu devido autor. - See more at: http://www.raiannymartins.com/2014/03/cartas-para-o-meu-primeiro-amor-mais-um.html#sthash.F1Ctpv9o.dpuf
Todo o conteúdo é criado pela equipe do blog e qualquer cópia total ou parcial deve ser creditada ao seu devido autor. - See more at: http://www.raiannymartins.com/2014/03/cartas-para-o-meu-primeiro-amor-mais-um.html#sthash.F1Ctpv9o.dpuf

Todo o conteúdo é criado pela equipe Idealiizar e qualquer cópia total ou parcial deve ser creditada a seu devido autor. Todas as opiniões aqui expressas são de total responsabilidade de seus autores. Declaro que as imagens aqui utilizadas não são de minha autoria, salvo exceções, e que qualquer problema relacionado ao uso indevido de imagem deverá ser encaminhado para idealizar.me@gmail.com.