A Banca

LUTO - CHAMPIGNON

10:45

Antigamente eu tinha um sonho. Um sonho bobo, desses de adolescente. Eu queria ter uma banda de rock! Mas não bastava ter uma banda de rock, eu tinha que ser a baixista da banda. Aos quatorze anos, meu pai me deu um baixo da marca Groove de quatro cordas e isso já bastou para que eu me sentisse realizada. Comecei a frequentar aulas e ficou claro que eu não tinha o talento dos meus ídolos, mesmo assim me esforcei (até mais do que deveria, acabei desenvolvendo uma tendinite crônica aos 16 anos), mas mesmo assim valeu a pena, sabe, sonhar, batalhar, pra chegar mais perto um pouquinho que fosse dos músicos que eu tanto admirava.

Quem eu mais invejava com seus grooves e solos no som grave do baixo elétrico? Esse cara, que foi encontrado morto em seu apartamento na madrugada de hoje. É, mais uma grande perda no cenário musical nacional. Champignon, porra. Eu não consigo acreditar.



Luiz Carlos Leão Duarte Junior, 35 anos, encontrado morto com um tiro na boca no quarto de instrumentos do seu apartamento no Morumbi, onde vivia com sua esposa, grávida de cinco meses. Ela ouviu o disparo vindo do quarto onde ele havia se trancado após chegarem de um restaurante e pediu ajuda ao vizinho, que de pronto entrou no quarto e encontrou o corpo já sem vida no chão. Havia muito sangue. A mulher entrou em choque e foi levada ao hospital. A polícia encontrou três armas no apartamento, a do crime, encontrada na mão do baixista, era uma pistola calibre 380. A capsula e o projétil também foram encontrados no local. Houve um único disparo, fatal.

Champignon era baixista da formação original da banda Charlie Brown Jr, a qual abandonou em 2005 após desentendimentos com o vocalista Chorão, quando participou de outros projetos musicais, mas voltou a banda em 2011, onde permaneceu até o fim, com a morte do Chorão em 6 de março de 2013. Formou então a banda A Banca, com os demais integrantes do CBJr, na qual era vocalista.

É um momento muito triste para os fãs, sejam das bandas ou do próprio músico. Cara, ele mandava muito!



Só um ps que eu queria colocar aqui, é que as pessoas não devem virar "lendas" após a sua morte e muito menos a respeito sobre como foi essa morte. Seu legado ele, e tantos outros, deixaram em vida. O talento e o amor pela música que inspiraram muitos jovens, como eu. Suicida ou não, ninguém tem o direito de julgar ninguém, afinal, "cada um sabe a dor e a delícia de ser o que é", e ponto. Não desmereça a dor alheia, se você não consegue entender, no mínimo, respeite.


"Que mundo é esse que ninguém entende um sonho? Que mundo é esse que ninguém sabe mais amar? Pra tanta coisa que faz mal eu me disponho, quando eu te vejo eu começo a sorrir, eu começo a sorrir..."


Seus fanfarrões, estou me sentindo órfã musicalmente pela segunda vez no mesmo ano. Eu só desejo que vocês tenham encontrado enfim "Aquela paz"...


You Might Also Like

0 comentários

Comentários

SUBSCRIBE

Todo o conteúdo é criado pela equipe do blog e qualquer cópia total ou parcial deve ser creditada ao seu devido autor. - See more at: http://www.raiannymartins.com/2014/03/cartas-para-o-meu-primeiro-amor-mais-um.html#sthash.F1Ctpv9o.dpuf
Todo o conteúdo é criado pela equipe do blog e qualquer cópia total ou parcial deve ser creditada ao seu devido autor. - See more at: http://www.raiannymartins.com/2014/03/cartas-para-o-meu-primeiro-amor-mais-um.html#sthash.F1Ctpv9o.dpuf

Todo o conteúdo é criado pela equipe Idealiizar e qualquer cópia total ou parcial deve ser creditada a seu devido autor. Todas as opiniões aqui expressas são de total responsabilidade de seus autores. Declaro que as imagens aqui utilizadas não são de minha autoria, salvo exceções, e que qualquer problema relacionado ao uso indevido de imagem deverá ser encaminhado para idealizar.me@gmail.com.