beleza

Conexão mental

12:22



Era só mais um final de semana e, como qualquer outro, sempre começava ou terminava numa reunião de amigos. Me ligaram no sábado logo cedo, achei injusto, tínhamos "acabado de chegar" de outra festa, preciso dormir! Atendi o telefone meio bêbada de sono, não vi quem era, não vi que horas eram e mal consegui sussurrar um "alô?" descente. Esperei a pessoa se identificar, o que não aconteceu. Recebi de volta um "acorda, você tá atrasada! Passo ai em quinze minutos". Claro que pelo menos metade desse tempo usei para descobrir quem eu era, o que precisava fazer e qual era meu lugar do mundo.

Levante num salto. Muito tempo depois de rolar na cama pensando no que havia acontecido finalmente me lembrei da noite anterior onde tínhamos combinado de nos encontrar na casa de alguém para fazer não sei o que. Metade da memória concluída. Tomei meio banho, coloquei meio shorts e uma camiseta meio amassada que encontrei. Maquiagem naquele momento era luxo completo, já estavam buziando igual loucos no meu portão. Coloquei uma sapatilha, que eu tinha certeza de não combinar com absolutamente nada e sai sem pentear o cabelo. Dia típico de segunda feira, só que era sábado ainda.

Sem bolsa, carreguei o combo celular-documento-cartão-de-crédito no bolso de trás. Andei pela festa e, mais uma vez, descobri o que é se sentir um peixe foda d'água. Mais uma vez, porque no colégio sempre foi assim. É claro que depois de um tempo resolvi desencanar completamente. É como quando você ganha um apelido, não gosta mais acaba se acostumando com ele. Desculpa mundo, não vou me mudar para estar a altura de seus padrões. 

Caminhei um pouco pela festa, sozinha porque minha amiga já tinha ido se engraçar com o novo namorado dela. Salto alto e maquiagem pesada era algo constante em cada rosto feminino. Devo ser um homem, pensei. Até que fui interrompida no meio da minha sessão de análise-comparativa-feminina por um garoto que encostou do meu lado e me ofereceu um copo dizendo "você é a mais bonita daqui, sabia?". É claro que ele deveria ser louco, não tinha outra explicação. Olhei mais uma vez em volta e vi inúmeras quase modelos, ou o que prefiro chamar de não-fui-aceita-pela-agência-porque-sou-gostosa-demais-para-ser-modelo. 

Eu ali, mais um peixe perdido no meio de uma plantação de milho. Duas olheiras que pareciam ter vida própria. Cara amassada e cabelos bagunçados, se eu segurasse um livro me reconheceria na época do colégio. Foi ai que eu percebi que ele não era o garoto mais bonito do mundo, mas aquele que sabia reconhecer a beleza de verdade. A beleza por baixo da simplicidade e das roupas amassadas. Sorri e pensei "porque não existem mais caras assim?" e a resposta veio quase que ao mesmo instante "porque é difícil não encontrar garotas que não façam parte do padrão gostosa-demais-para-ser-modelo-etc".

Se queres belezas iguais esteja apto a aceitar pensamentos iguais. Se estás a procura desse tipo de igualdade sugiro uma semana de férias de você mesmo. É fácil julgar a beleza dos outros com o espelho nas suas costas, difícil é aceitar que a beleza não está no outro e sim em você. Sua beleza interior faz com que as pessoas sejam belas ou sejam feias. Se você anda vendo o mundo muito feio, desigual e precisando de ajustes da moda eu tenho péssimas notícias para ti.


You Might Also Like

0 comentários

Comentários

SUBSCRIBE

Todo o conteúdo é criado pela equipe do blog e qualquer cópia total ou parcial deve ser creditada ao seu devido autor. - See more at: http://www.raiannymartins.com/2014/03/cartas-para-o-meu-primeiro-amor-mais-um.html#sthash.F1Ctpv9o.dpuf
Todo o conteúdo é criado pela equipe do blog e qualquer cópia total ou parcial deve ser creditada ao seu devido autor. - See more at: http://www.raiannymartins.com/2014/03/cartas-para-o-meu-primeiro-amor-mais-um.html#sthash.F1Ctpv9o.dpuf

Todo o conteúdo é criado pela equipe Idealiizar e qualquer cópia total ou parcial deve ser creditada a seu devido autor. Todas as opiniões aqui expressas são de total responsabilidade de seus autores. Declaro que as imagens aqui utilizadas não são de minha autoria, salvo exceções, e que qualquer problema relacionado ao uso indevido de imagem deverá ser encaminhado para idealizar.me@gmail.com.