isso não é um convite

Sexo Sem Tabu - Isso não é um convite

14:27




Cinco horas da tarde, horário de verão o Sol continua estalando e você cozinhando - literalmente. Esse é um dos maiores problemas do verão, o que é difícil acreditar porque eu adoro o verão. Gostaria apenas entender o que se passa pela cabeça de julgar alguém pelo comprimento de sua roupa. É claro que há exceções, mas que o tamanho da minha saia não seja completamente desproporcional ao seu desejo sexual, se é que me entendem. Quem nunca tomou aquela encarada por usar shorts, regata e chinelos? Cara, é só uma saia, uma regata e um par de chinelos.

Talvez seja esse um dos maiores problemas, também, masculinos. O de sentir desejo sexual em tudo. Sabe aquela malícia da sexta série, quando seu amiguinho diz algo, você repete em algo e bom som incluindo um sonoro "huuuuum!" no final da frase. É difícil acreditar na quantidade de barbados que ainda não perderam essa malícia. Porque na real, você realmente já conseguiu convencer uma mulher a fazer sexo com você utilizando desse tipo de cantada barata - mais conhecida como cantada de pedreiro -  sem que tenha que pagar por isso? 

"Nossa que delícia", "olha esse par de pernas", "e eu em casa comendo bife quando tem um filé desses dando sopa". Não consegui decidir o que é pior, essas frases mal formuladas sobre a beleza feminina, sempre apontando para o lado sexual, ou a clássica buzinadinha. Ah, essa maldita buzinadinha. Como se fossemos sair correndo, como poodles treinados, pulando pelo vidro do seu carro e dando a melhor noite de sexo da sua vida. Não moço, isso não vai acontecer, você não esta num vídeo pornô e se continuar assim esse vai ser seu único programa no final de semana, sabe como é, amor próprio.

É completamente irracional e ilógico mulheres que, depois de queimarem seus soutiens em praça pública, começarem a aceitar o sexo casual, aprender o valor agregado à uma cerveja no fim de tarde, pagar a conta do motel, conseguirem o direito do voto, trabalharem oito horas por dia fora de casa e quinze horas dentro dela, não se sintam a vontade de usar uma roupa curta com medo de ser julgada. Mulheres que voltam para casa, orientada por outras mulheres ou até mesmo pela sua própria consciência guiada pelo apelo sexual alheio, para colocar um casaquinho ou uma saia mais compridinha e larguinha.

Pode chamar isso do que quiser mas eu acho que ainda vivemos num mundo onde a ditadura silenciosa do machismo reina, e aqui vai uma novidade: mulheres também são machistas quando o assunto é julgar a próxima. É claro que esse texto todo não faz diferença nenhuma se você não se dá a respeito. Aliás, cada um dá a si mesmo o respeito que acha que merece. Não venha distribuir machismo gratuito para cima do comprimento da minha saia ou a quantidade de pele que minha roupa deixa a mostra. E, mais uma vez, pare de julgar pela aparência. Parem, pelo amor de Deus.











You Might Also Like

6 comentários

  1. Caramba, eu adorei o seu post. Realmente, as nossas pernas de fora não é um convite. Eu já sofri muito por ser "gostosa" e odeio que me chamem assim. Até mesmo o meu namorado, eu não sou um pedaço de carne!

    Big kiss!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Milena ♥
      Espero que um dia isso tudo mude.

      Excluir
  2. Adorei o jeito como vc falou de um tema super atual. Gostei muito dos seus argumentos. e tenho o msm ponto de vista! parabens.

    http://doisjeitos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Para muitos essa realidade que vivemos é normal, e se a pessoa retruca um "elogio" desse é mal agradecida, é um habito tão forte, que a pessoa pode estar coberta da cabeça ao pés que mesmo assim recebe um gracejo, temos que aceitar pois é o "jeitinho brasileiro", fizeram até uma pesquisa, colocaram uma mulher vestida com roupas simples, uma calça e uma blusa de manga, e mesmo assim ela foi alvo de cantadas nojentas, infelizmente nossas crianças vivem nesse meio, e tornam-se adultos ignorantes e desrespeitosos, e acham que para mulher estão fazendo um favor, quando o sentimento é apenas de humilhação.

    http://garotasdetokyo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente Kamilla, até porque a roupa que usamos não quer dizer absolutamente nada né? De burca ou mini saia, os gracejos são os mesmos.

      Excluir

Comentários

SUBSCRIBE

Todo o conteúdo é criado pela equipe do blog e qualquer cópia total ou parcial deve ser creditada ao seu devido autor. - See more at: http://www.raiannymartins.com/2014/03/cartas-para-o-meu-primeiro-amor-mais-um.html#sthash.F1Ctpv9o.dpuf
Todo o conteúdo é criado pela equipe do blog e qualquer cópia total ou parcial deve ser creditada ao seu devido autor. - See more at: http://www.raiannymartins.com/2014/03/cartas-para-o-meu-primeiro-amor-mais-um.html#sthash.F1Ctpv9o.dpuf

Todo o conteúdo é criado pela equipe Idealiizar e qualquer cópia total ou parcial deve ser creditada a seu devido autor. Todas as opiniões aqui expressas são de total responsabilidade de seus autores. Declaro que as imagens aqui utilizadas não são de minha autoria, salvo exceções, e que qualquer problema relacionado ao uso indevido de imagem deverá ser encaminhado para idealizar.me@gmail.com.