cama

Sexo sem Tabu - Dama na rua vadia na cama

14:27


Feministas, machistas, ateístas e qualquer coisa que termine com "istas" que me perdoem, mas não existe nada melhor do que ter, ou ser, uma vadia na cama. O que é, completamente diferente, de ser uma vadia - só por ser.

Dizem que, quanto maior o cumprimento da saia maior a libido. Dizem também que as quietinhas são as mais devoradoras, aquelas que prezam acima de tudo a moral e os bons costumes. Aquela mulher que trabalha no canto esquerdo do escritório, aquela garota tímida da faculdade, aquela por quem você cruzou na calçada hoje de manhã e não deu a mínima. Porque dizem que as mulheres são confusas mas o universo masculino que me perdoe mas a quantidade de diz que me disse que vocês dizem por aí não caberia no livro mais grosso da biblioteca - e muito menos na mente confusa de uma feminista.

Homens nasceram com o dom - ou a maldição, prefiro pensar assim - de trabalhar com apenas um sentido, a visão. Sexta feira a noite, uma antiga amizade do colégio te liga e te chama pra sair, você lembra de como ela era completamente sem graça e diz que já tem compromisso. Vai para o bar mais próximo. Passa uma garota com um cinto em formato de saia, um decote que vaza o umbigo, salto 15 e maquiagem semi borrada - mas isso você não percebeu. Ela te da mole, você leva ela para casa e fim, mais um sexo mecânico. Depois prega aos sete ventos que a mulher natural é bonita e como elas ficam lindas quando estão apenas de calcinha e sua camiseta larga.

Não quero dizer que todas as mulheres que saem de casa numa sexta feira a noite estejam a procura de sexo mecânico, mas vai me dizer que isso nunca aconteceu? Aliás, aquela antiga amizade do colégio, a filha da vizinha, a santinha da faculdade, a garota do escritório ao lado, sua prima mais distante, sua irmã mais velha e até mesmo aquela sem graça que você cruzou na rua hoje cedo, todas elas pensam em sexo. Porque sim, todas as mulheres pensam em sexo, e aliás fazem isso tanto quanto os homens.

Eis aqui a diferença entre ser vadia na cama e vadia na rua. Se quiser ser ambas, que seja. Viva a libido, viva o prazer, viva a liberdade feminina. Viva o sexo a dois, a três, a cinco - dedos. Guarde no bolso de trás da sua calça jeans apertada todo o preconceito que se tem quando o assunto é sexo. Porque segurar a libido fora da cama nada mais é do que estar sempre pronta para libertá-la, quando o outro faz jus a libertação é claro. 

Aliás esse rótulo de vadia, como é pregado hoje em dia, deveria ser arrancado de todas as prateleiras do mundo do sexo. Uma vadia sabe a hora de ser vadia. Quando o contrário acontece, sinto-lhe informar mais essa foi só mais uma com seu sexo mecânico pronta para te levar para o tédio dos lençóis. Agradeça diariamente a todas as vadias que já passaram pela sua cama. Todo o suor deixando no seu travesseiro, todas as calcinhas perdidas pelo apartamento, todos os orgasmos e puxões de cabelo. Agradeça pela experiência.

Prezo a arte de ser pura na rua e puta na cama. Dama na rua, vadia na cama. Ou qualquer outra expressão do tipo. Saber fazer, saber mostrar, saber agir ali, a dois - ou a três, enfim - e não para o mundo inteiro. Sou a favor do jantar romântico a luz de velas, o beijo tímido dentro do táxi, o convite inesperado para subir as escadas e a impressionante parte da noite onde ela deixa você lhe arrancar o vestido. Não gosto de spoiler sexual, propaganda enganosa e completamente exagerada. Gosto de dedos entrelaçados, romantismo antigo, puxões de cabelo e surpresa extrema. Porque o sexo vai muito além do prazer momentâneo. 

You Might Also Like

0 comentários

SUBSCRIBE

Todo o conteúdo é criado pela equipe do blog e qualquer cópia total ou parcial deve ser creditada ao seu devido autor. - See more at: http://www.raiannymartins.com/2014/03/cartas-para-o-meu-primeiro-amor-mais-um.html#sthash.F1Ctpv9o.dpuf
Todo o conteúdo é criado pela equipe do blog e qualquer cópia total ou parcial deve ser creditada ao seu devido autor. - See more at: http://www.raiannymartins.com/2014/03/cartas-para-o-meu-primeiro-amor-mais-um.html#sthash.F1Ctpv9o.dpuf

Todo o conteúdo é criado pela equipe Idealiizar e qualquer cópia total ou parcial deve ser creditada a seu devido autor. Todas as opiniões aqui expressas são de total responsabilidade de seus autores. Declaro que as imagens aqui utilizadas não são de minha autoria, salvo exceções, e que qualquer problema relacionado ao uso indevido de imagem deverá ser encaminhado para idealizar.me@gmail.com.