amor

O que é o amor?

14:30



Se você acha que alguém no mundo já conseguiu descrever o quão profundo é amar, sinto lhe dizer que você está redondamente enganado. É claro que muitos já chegaram bem próximos disso, mas nunca atravessaram a linha tênue que existe entre o que é verdadeiro e o que dá e passa. Porque nós sabemos que ambas as coisas são completamente diferentes. Afinal do que valeriam os grandes poetas se não houvesse inúmeras dúvidas sobre o amor?

Sarah Kane foi uma dessas pessoas que tentou, de alguma forma, colocar para fora o real significado do amor. Ela foi uma dramaturga inglesa que viveu no século XX e escreveu a peça Crave (Falta). Morreu aos 28 anos quando se enforcou no banheiro de um hospital. O vídeo abaixo é um fragmento da peça foi gravado em um telhado de Londres num único dia.

Eu, particularmente, fiquei absolutamente apaixonada. Seja pela simplicidade ou pela realidade. Sarah soube descrever o intenso, o que devo admitir invejar. Ela conseguiu descrever, pelo menos parte, de algo que estamos todos os dias tentando demonstrar, explicar e descrever: o amor! 


-   Reflections of a Skyline 




Tem também a versão brasileira, realizada da mesma forma que a original. Devo dizer que ficou tão bom quanto.


-   Reflexões de um horizonte




Sabendo descrever ou não o importante, no fundo, é saber amar. 



You Might Also Like

0 comentários

Comentários

SUBSCRIBE

Todo o conteúdo é criado pela equipe do blog e qualquer cópia total ou parcial deve ser creditada ao seu devido autor. - See more at: http://www.raiannymartins.com/2014/03/cartas-para-o-meu-primeiro-amor-mais-um.html#sthash.F1Ctpv9o.dpuf
Todo o conteúdo é criado pela equipe do blog e qualquer cópia total ou parcial deve ser creditada ao seu devido autor. - See more at: http://www.raiannymartins.com/2014/03/cartas-para-o-meu-primeiro-amor-mais-um.html#sthash.F1Ctpv9o.dpuf

Todo o conteúdo é criado pela equipe Idealiizar e qualquer cópia total ou parcial deve ser creditada a seu devido autor. Todas as opiniões aqui expressas são de total responsabilidade de seus autores. Declaro que as imagens aqui utilizadas não são de minha autoria, salvo exceções, e que qualquer problema relacionado ao uso indevido de imagem deverá ser encaminhado para idealizar.me@gmail.com.