7 de mar de 2014

Documentário - Love, Marilyn


Era um esses dias tediosos e chuvosos aqui em São Paulo onde a minha vontade de sair da frente da TV era praticamente nula - para não dizer negativa. Nesse vai e vem do controle remoto acabei de deparando com um documentário que mudou meu jeito de ver uma das mulheres que mais admiro no mundo do cinema, Marilyn Monroe. Aliás já mostrei aqui no blog o último ensaio fotográfico da atriz, se você perdeu corre aqui.


Após 50 anos de sua morte, Marilyn Monroe continua sendo lembrada pela excentricidade que exibia na época. Era discreta quanto sua vida pessoal mas o oposto quando se tratava de opinião. Dá para entender o porque a admiro tanto né? Nesse documentário são lidos e interpretados algumas de suas anotações, com diários e folhas avulsas, onde ela expunha desde sentimentos até coisas que tinha que fazer durante a semana - porque naquela época ainda não tínhamos computador, né? - Além de vários vídeos que retratam bem sua vida diante das câmeras. Posso dizer que é algo relacionado a sua vida dentro e fora dos holofotes. A Marilyn de verdade.

O mais legal é que alguns dos atores atuais, como Lindsay Lohan e Glenn Close, aparecem durante o documentário como se estivessem lendo suas anotações e, por fim, comentando sobre a vida de uma das mulheres mais sexy do mundo - até hoje. Eu particularmente não gosto muito de documentários, nem de biografias, porque eleva muito o artista - coisa que a gente sabe que ele não é perfeito. Assim como os filmes e livros relacionados ao meu cantor preferido, Kurt Cobain, já li e assisti tudo a respeito mas não consegui admirar o trabalho em si. Esse já é diferente. Mostra os prós, contras, medos e desafios da cerreira dela, não é só mais um filme do tipo "ela casou com James Dougherty, era amante do presidente Kennedy e blá blá blá". É daqueles que vale a pena, acredite.


Trailer do documentário "Love, Marilyn"


O documentário foi lançado em 2012 e sempre passa no Telecine. Caso você não tenha paciência de esperar é possível assistir (em partes) no youtube. Só dar uma procuradinha! Marilyn Monroe, uma diva única, um corpo admirável, atitudes opostas às "regras sociais" da época e, acima de tudo, humana.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários