Tattoo sem tabu

Tattoo Sem Tabu - Quando foi a última vez que você fez algo pela primeira vez?

14:02


Fiquei uns dias ausente porque tava preparando uma coisa bem legal aqui pro blog - mas só pra semana que vem (hihi). Nesse meio tempo peguei para visitar alguns sites sobre tatuagens e me inspirar. Porque querendo ou não eu sempre tô afim de me rabiscar, mas como já disse, sempre penso oitenta e três vezes pelo menos se o desenho e o lugar (do corpo) são legais antes de pedir pro tatuador ligar a maquinha com aquele som delicioso.

Um dos últimos posts sobre o Tattoo Sem Tabu eu trouxe algumas fotos que respondiam bem a pergunta "e quando você ficar velho?". Fotos de velhinhos, daqueles bem papai Noel mesmo, barba branca e cabelo comprido, completamente tatuados. Se você perdeu esse post volta aqui porque são imagens lindas demais, sério. Sempre falo sobre a importância de uma tattoo no corpo de alguém. Ah Tayla, mas esse papo de novo? Sim, esse papo de novo e vou continuar com esse discurso até descobrir que ninguém mais tatuou o nome do namorado no pulso - ou seja.

O que mais me chama atenção em pessoas mais velhas tatuadas hoje em dia são as histórias que esses desenhos trazem para elas. Geralmente as tatuagens foram feitas num tempo antigo e ficaram ali eternizando o momento. Algumas meio esverdeadas pelo tempo e pela exposição ao Sol. Mas essa senhora veio para quebrar esse padrão que a tatuagem é tão velha quanto aquele que a possui.

Ao completar 103 anos essa senhora resolveu responder a pergunta "quando foi a última vez que você fez algo pela primeira vez?". Ela se deu uma tatuagem de presente. Fofo né? Dei uma pesquisada básica sobre ela e descobri que a vovó tem Facebook e é super mente aberta - dá para perceber pelo status de relacionamento dela. A página é mantida pelo neto mas não é a única rede social que Evelyn se tornou conhecida. Ela possuía uma conta no side Reddit e respondia à perguntas que os usuários faziam. O perfil encorajador dela diz "Então o que você quer saber de alguém que viveu duas guerras mundiais, ama sanduíches de bacon, mesmo depois de bater três dígitos, e sabe o valor de uma boa risada?"

Então ela se tatuou aos 103 anos? Sim, mas não foi só isso. Seu aniversário, além da tatuagem, foi comemorado num cassino em Seatlle além de um restaurante de frutos do mar. Pouco fina né?




877x658 (2)

877x658 (1)

877x658 (3)


É bem legal ver que princípios não mudam com o tempo, contudo é importante ter a mente aberta e sempre absorver conteúdos diferentes. Criar dentro de você um universo seu, cheio de coisas diversas, abstratas e o oposto daquilo que você está acostumado a viver na sua zona de conforto. Espero que existam mais pessoas como ela. Mesmo jovens ou adultos. Porque preconceito é coisa do passado, a moda agora é ser velhinho tatuado.



You Might Also Like

0 comentários

Comentários

SUBSCRIBE

Todo o conteúdo é criado pela equipe do blog e qualquer cópia total ou parcial deve ser creditada ao seu devido autor. - See more at: http://www.raiannymartins.com/2014/03/cartas-para-o-meu-primeiro-amor-mais-um.html#sthash.F1Ctpv9o.dpuf
Todo o conteúdo é criado pela equipe do blog e qualquer cópia total ou parcial deve ser creditada ao seu devido autor. - See more at: http://www.raiannymartins.com/2014/03/cartas-para-o-meu-primeiro-amor-mais-um.html#sthash.F1Ctpv9o.dpuf

Todo o conteúdo é criado pela equipe Idealiizar e qualquer cópia total ou parcial deve ser creditada a seu devido autor. Todas as opiniões aqui expressas são de total responsabilidade de seus autores. Declaro que as imagens aqui utilizadas não são de minha autoria, salvo exceções, e que qualquer problema relacionado ao uso indevido de imagem deverá ser encaminhado para idealizar.me@gmail.com.