crônicas

Demorei tempo demais

12:50

random icons | Tumblr



Durante muito tempo eu tive medo sabe? Medo de expor minha opinião e ser criticada, medo de me impor. Eu era daquele tipo de pessoa que falava as coisas que queria, mas quando alguém não concordava comigo ou me criticava eu me sentia mal e pedia desculpas. Tem muitas vezes que até chegava a chorar. Quando se está no mundo é inevitável, tem que dar a cara pra bater. Por um tempo achei a fuga o caminho mais fácil, mas quem disse que o fácil é o que nos ensina algo?  Críticas sempre me afetaram mais do que deveria, e eu nunca soube muito bem como lidar com elas. 

Com o passar do tempo percebi que nem tudo devia ser literal, nem tudo devia ser levado em consideração e nem muito menos levado pro lado pessoal. Demorei tempo demais pra parar de me importar tanto com as pessoas sendo que elas não se importavam nem a metade comigo. Demorei tempo demais pra parar de chorar quando alguém não ia com a minha cara, ou quando alguém era grosso comigo. Demorei tempo demais pra tomar coragem de me expor, de dar a cara a tapa e deixar que pensassem o que quiser de mim. 

Sempre fui aquele tipo de pessoa que se preocupava com o que as pessoas pensavam, o que elas poderiam falar sobre mim, mas acabei percebendo que se fosse me preocupar o tempo todo com isso ia acabar ficando louca. É aquela de se limitar por ter medo do que vão te falar. Acontece que eu aprendi que não dá pra agradar todo mundo. Que mesmo que você seja uma boa pessoa e nunca tenha feito nada para aquela outra, ela vai poder te odiar e não ir com a sua cara sem te conhecer. Isso mesmo, porque as pessoas tendem muito a fazer isso. Lembra daquele ditado " não julgue um livro pela capa?" É exatamente isso, sem tirar nem por, temos aquela mania incontrolável de falar do outro sem saber o que realmente acontece, sem saber  como aquela pessoa é exatamente por dentro. Eu aprendi que tem pessoas que vão te criticar porque simplesmente acham que com isso você vai desistir e não chegar a lugar algum ( acredite existem pessoas assim).


Vou confessar que ainda estou me adaptando, e exigindo muito de mim para expor mais minha opinião, me manter firme no que eu quero e não me deixar afetar por palavras que não querem ajudar e somente machucar. Hoje, eu sou uma pessoa completamente diferente do que eu era, sou aquela que preza a sinceridade em todas as questões. Dizem por aí que a sinceridade machuca, que a mentira é o melhor caminho. Mas pra mim, sempre preferi uma verdade que machucasse do que uma mentira que consolasse. Então, seja sincero contigo.

Seja sincera com as coisas ao teu redor, saiba que é muito mais fácil encarar as coisas do que fugir delas, saiba que criticar o outro não significa que você esteja certo, saiba que as pessoas tem visões, criações, experiencias, pensamentos e gostos diferentes. Saiba que se preocupar com a vida do outro, não vai fazer as coisas melhorarem só fazer com que se sinta pior. Saiba também  e por último que as coisas não são sempre como queremos, e que temos que aprender a respeitar, compreender e  aceitar todas as pessoas diferentes de nós, sendo elas quais forem. Então, eu prego a seguinte frase: Chega de MI MI MI, chega de ficar olhando pro lado e observar todo mundo, pare  e observe o seu primeiro. Mande o medo para aquele lado, saiba se impor de maneira firme e forte, e não deixe ninguém te dizer que não pode alguma coisa.


You Might Also Like

2 comentários

  1. Adorei o texto! Você não faz ideia do quanto eu me identifiquei com o que você escreveu.

    http://lagrimas-de-diamante.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi lu, fico feliz que tenha se identificado com o texto. Beijão

      Excluir

Comentários

SUBSCRIBE

Todo o conteúdo é criado pela equipe do blog e qualquer cópia total ou parcial deve ser creditada ao seu devido autor. - See more at: http://www.raiannymartins.com/2014/03/cartas-para-o-meu-primeiro-amor-mais-um.html#sthash.F1Ctpv9o.dpuf
Todo o conteúdo é criado pela equipe do blog e qualquer cópia total ou parcial deve ser creditada ao seu devido autor. - See more at: http://www.raiannymartins.com/2014/03/cartas-para-o-meu-primeiro-amor-mais-um.html#sthash.F1Ctpv9o.dpuf

Todo o conteúdo é criado pela equipe Idealiizar e qualquer cópia total ou parcial deve ser creditada a seu devido autor. Todas as opiniões aqui expressas são de total responsabilidade de seus autores. Declaro que as imagens aqui utilizadas não são de minha autoria, salvo exceções, e que qualquer problema relacionado ao uso indevido de imagem deverá ser encaminhado para idealizar.me@gmail.com.