amor

Doce inocência - Quando me vi perdidamente apaixonado por ela

13:49


Ela era linda. O jeito que o vento batia no seu rosto e bagunçava todo o seu cabelo enquanto ela reclamava. Quando ela molhava uma batata frita no molho e tratava aquilo como se fosse um enorme pecado capital para a sua dieta na semana. Na verdade eu nunca vi alguém que não precisasse de uma dieta de vez em quando, uma mudança de hábitos e conhecer novos ares. Nunca tinha visto até conhece-la. Seu jeito doce com um toque de sarcasmo que me deixa louco diariamente.

Ela era linda o suficiente para ser estrela de cinema. Já vi muitas mulheres bonitas mas nenhuma delas tinha o seu sorriso ou mexia no cabelo enquanto comentava o último filme que assistimos juntos. O jeito que ela passava brilho nos lábios e fazia bico quando eu dizia algo que a irritava, mesmo que não fosse nada demais. Ficava cada dia mais apaixonado quando via o jeito que ela desenhava os olhos com o delineador preto e todas as vezes que ela demorava para sair só porque estava tentando ficar mais bonita para mim. Bobagem.

Ela era linda mesmo quando acordava com um pijama todo torto, uma cara amassada e um mau humor desnecessário. Quando ficava brava e batia a porta do carro sem sequer olhar para trás. Mesmo quando o orgulho a fazia engolir frases que deveriam ter sido ditas na nossa última briga ou quando ela esquece de comprar algo que precisávamos muito. Quando tomava suco pelo canudinho e observava o teto de um jeito despreocupado de levar a vida. Suas caretas ao ler um livro interessante e cheio de porquês, o jeito que ela mastiga a ponta dos dedos quando fica nervosa.

Ela era linda de dia e de noite. Seu jeito menininha que me arrancava sorrisos e suas dúvidas que muitas vezes me divertiam. Sua inocência de criança batia de frente com seu jeito mulher de ser. Duas confusões que não tinham nada para dar certo em qualquer outra pessoa, mas nela funcionou. Como quando discute algo sério e depois começa a rir de uma piada que já havia se esquecido do final. Seus olhos que brilham toda vez que um filme de romance termina e todos aqueles sonhos que ela finalmente decidiu tirar da gaveta.

Ela era linda, e eu já vi outras mulheres tão bonitas quanto. Já tive muitas delas e desejei tantas outras mais. Desenhei outras tantas como forma de planejar o futuro. Fiz tudo isso e nem me dei conta de que minha verdadeira felicidade morava ao lado. Ela era linda e ponto final. Nem seu jeito, seus olhos ou seu sorriso podem explicar. Ela era linda e se tornou ainda mais quando decidiu me dar a mão em público e seguir comigo. Porque hoje em dia pessoas que o fazem estão cada vez mais em processo de extinção. Ela era linda. Ela é linda. Minha linda.


You Might Also Like

0 comentários

Comentários

SUBSCRIBE

Todo o conteúdo é criado pela equipe do blog e qualquer cópia total ou parcial deve ser creditada ao seu devido autor. - See more at: http://www.raiannymartins.com/2014/03/cartas-para-o-meu-primeiro-amor-mais-um.html#sthash.F1Ctpv9o.dpuf
Todo o conteúdo é criado pela equipe do blog e qualquer cópia total ou parcial deve ser creditada ao seu devido autor. - See more at: http://www.raiannymartins.com/2014/03/cartas-para-o-meu-primeiro-amor-mais-um.html#sthash.F1Ctpv9o.dpuf

Todo o conteúdo é criado pela equipe Idealiizar e qualquer cópia total ou parcial deve ser creditada a seu devido autor. Todas as opiniões aqui expressas são de total responsabilidade de seus autores. Declaro que as imagens aqui utilizadas não são de minha autoria, salvo exceções, e que qualquer problema relacionado ao uso indevido de imagem deverá ser encaminhado para idealizar.me@gmail.com.