amor

Eu e você - Quando aprendi a te deixar partir

13:35


Eu sempre tive um sério problema em me entregar a outra pessoa e essa não será a primeira vez que terei que superar todo aquele drama do que vem depois. Acho que esse lance de amor é tão lindo nos filmes e nos poemas românticos. Mas quando qualquer sentimento que começa a crescer aqui dentro tende a se transformar no tal eu troco os pés pelas mãos e sou obrigada a ver o outro partir pela porta afora sem ao menos dizer adeus.

É por isso que eu preciso te deixar ir. Não consigo mais viver desses amores de fogo cruzado pois eu sei muito bem o que vem depois. Um tiro direto no meu peito e um ano de reclusão para tentar me curar daquilo que sequer existiu. Vou guardar comigo nossos momentos, nossas fotos e nossas lembranças. Nossas palavras de carinho e todas nossas risadas. Mas a partir de hoje é só isso que eu consigo fazer.

Não posso mais ficar esperando uma decisão do que pode ou não acontecer conosco. Eu não tenho mais tempo para isso. Eu quero correr, viver e ser viva. Me sentir viva. Com ou sem você. Eu tinha uma vida antes de te conhecer e ouso dizer que a mesma está por ai em algum lugar me esperando. Embora mais abatida com os erros do presente, ela está lá pronta para ser vivida novamente. Preciso agarra-la com todas as minhas forças antes que mais alguém apareça e me faça deixa-la escapar.

Eu sinto muito. Por não estar a sua altura ou não superar todas as suas expectativas. Cada um tem a sua forma de seguir em frente. Apaguei nossas conversas do meu celular e guardei nossas fotos numa pasta escondida no meu computador porque hoje ambos ainda me machucam. Você vai se acabar em festas e encontrar corpos que são bem diferentes do meu. Mas por favor só te peço para que não volte.

Não volte se sentir saudade ou se o seu novo relacionamento for por água a baixo. Eu gosto de você, como se fosse um pedacinho de mim. Mas esse pedacinho se foi. Consigo me acostumar com a partida, desde que ela seja sem volta. Esse ir e vir amolece meu colchão e meu coração. Você fez sua escolha, eu me adaptei a elas e desejo que você seja feliz. 

Vou guardar comigo seu abraço, seu cheiro e o jeito que me apertava pelas costelas antes de se despedir. Seu jeito preocupado de ser, suas risadas maliciosas e todos aqueles beijos que me davam arrepios. Vou guardar as lembranças boas mas não mais nostálgicas. Porque chega o momento que a gente cansa de esperar por algo que não nos tira do lugar. Eu cansei de esperar por você assim como você deve ter se cansado de me ver tentando te tirar do lugar. Não me leve a mal, eu gosto de você. Mas antes eu preciso aprender a gostar mais de mim.


You Might Also Like

4 comentários

Comentários

SUBSCRIBE

Todo o conteúdo é criado pela equipe do blog e qualquer cópia total ou parcial deve ser creditada ao seu devido autor. - See more at: http://www.raiannymartins.com/2014/03/cartas-para-o-meu-primeiro-amor-mais-um.html#sthash.F1Ctpv9o.dpuf
Todo o conteúdo é criado pela equipe do blog e qualquer cópia total ou parcial deve ser creditada ao seu devido autor. - See more at: http://www.raiannymartins.com/2014/03/cartas-para-o-meu-primeiro-amor-mais-um.html#sthash.F1Ctpv9o.dpuf

Todo o conteúdo é criado pela equipe Idealiizar e qualquer cópia total ou parcial deve ser creditada a seu devido autor. Todas as opiniões aqui expressas são de total responsabilidade de seus autores. Declaro que as imagens aqui utilizadas não são de minha autoria, salvo exceções, e que qualquer problema relacionado ao uso indevido de imagem deverá ser encaminhado para idealizar.me@gmail.com.