24 de jun de 2014

O futuro do mundo - Happy Animals Club

Tomodel

Faz frio em São Paulo e a vontade de correr para casa e se enfiar debaixo dos cobertores só aumenta. Esses dias comentei com um amigo que gostava do frio: desde que não precisasse me mover durante o dia inteiro. Mas, infelizmente, não é assim que acontece né? Falando em frio lembra daquela campanha da Puket para ajudar a aquecer alguém nesse inverno? Se não lembra vem aqui conhecer esse projeto.

No calor ou no frio o importante é estar disposto a ajudar o próximo. Acho que nos tornamos pessoas melhores a partir do momento que fazemos algo pelo outro sem pensar em nós. Já disse várias vezes que ser feliz é simples, difícil é aprender a ser tão desapegado. Pois bem, a um tempo atrás postei aqui no blog sobre um projeto gringo onde uma galera colocava balões de ar presos aos cachorros de rua para que estes fossem notados, se você não lembra veja aqui.

Hoje vim contar a história desse garoto que me deixou perdidamente apaixonada e super emocionada. O pai conta que o menino saia muito de casa, o que acabou deixando a família preocupada. Um dia ele resolveu segui-lo e a surpresa foi bem grande: Ken saia de casa todos os dias para alimentar cachorros de rua pela vizinhança, muitos doentes e maltratados. 

garoto-ajudando-cachorros-3

garoto-ajudando-cachorros-1

garoto-ajudando-cachorros-2

garoto-ajudando-cachorros-3

garoto-ajudando-cachorros-4

O pai do garoto, emocionado com a atitude do filho, resolveu ajudar. Fechou uma parte da sua garagem de sua própria casa e começou a abrigar esses animais que precisavam de cuidados. Aqueles mais doentes eram separados dos demais para serem tratados por um veterinário. Ken nomeou esse projeto como Clube dos Animais Felizes e hoje o garoto e seu pai procuram um lugar maior para poder abrigar esses amigos e encaminha-los para adoção.

garoto-ajudando-cachorros-5

garoto-ajudando-cachorros-6

garoto-ajudando-cachorros-7

garoto-ajudando-cachorros-8

garoto-ajudando-cachorros-9

garoto-ajudando-cachorros-10

Assim fica fácil acreditar no futuro no nosso planeta azul, né? Se você tem filho ou criança em casa influencie-os a praticar pequenos gestos, mostre a eles como podem se sentir bem ajudando o outro. Seja uma pessoa ou um animal. Fazer o bem sem olhar a quem, sabe? Acredito que são boas influencias que fazem do mundo um lugar melhor. Então, vamos influenciar essa garotada?




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários