amor

A parte de mim que você deixou

10:00

Take every chance. Drop every fear. | via Tumblr

Eu me tornei uma pessoa melhor desde que você se foi, modéstia a parte. Sempre fui insegura com relação ao que eu sentia, tinha medo de ser tocada de forma carinhosa como se algo dentro de mim gritasse para que eu fugisse o mais rápido possível. Aquele lance todo de ciladas do coração. Sempre achei que caí em várias delas. Sempre pensei que as coisas aqui dentro eram bem movimentadas. Até me julgava vazia por conta desse vai e vem de pessoas dentro do peito. Mas as coisas mudaram desde que você partiu.

Alguma parte de mim, mesmo que pequena, ainda era regada pela esperança de viver em nós. Eu nunca deixei ninguém se apossar do lugar que um dia fora seu, embora eu tivesse certeza de que as pessoas viam a bagunça aqui dentro e decidiam que era complicado demais viver com tudo isso. Mas como analisar o estrago se eu sequer abri a porta para que outro entrasse e desvendasse os mistérios que assolam meu peito quente? 

Vários bateram na porta e eu, como quem ignora o carteiro domingo pela manhã, decidi ficar quieta e fingir que não tinha ninguém em casa. Sem falar na ressaca que eu vivia toda vez que você partia. Cortinas escuras e uma imensa dor de cabeça matinal. Era bem assim, até que você decidia voltar. Eu abria as janelas, deixava o ar entrar, fazia planos de mudar os móveis de lugar e te deixava livre dentro de mim, para fazer o que bem entendesse com meus sentimentos.

Outras pessoas tentavam entrar. Inúmeras foram bem insistentes, eu diria. Mas jamais abri a porta para alguém que não fosse você. Até que um dia você se foi, fechou a casa e disse que jamais voltaria. Eu que fosse feliz do meu jeito, sozinha ou não. Você merece alguém, dizia enquanto fazia as malas. Eu merecia alguém que não era você. Só nunca entendi a lógica desse pensamento. Você bateu a porta pela última vez. Deixou a chave com o porteiro e jamais voltou. Eu esperei uma semana, duas e até três. 

Ai ele apareceu, de mansinho, como quem não quer nada. Queria um canto para se aconchegar de madrugada. Minha cama nunca ficou vazia então que mal havia? Deixei ele ficar por um dia. Esse dia se transformou em semanas. Ele não se importou tanto com a bagunça, aliás era bem bagunçado dentro dele também. Fomos nos organizando aqui e ali. Ajeitamos alguns móveis, trocamos outros e jogamos fora aquilo que nos mantinha no lugar. 

Não digo que é o mundo perfeito porque ainda estou me adaptando a essa nova vida. Uma vida sem você. Mas hoje consigo olhar nos olhos dele e sorrir enquanto ele diz que sou linda. Não nego um abraço em público e quero mais é que ele fique mesmo. Pode ficar, eu digo, arrumei aqui para ti. Não tenho medo que o outro parta do mesmo jeito que você fez. Eu sobrevivo, limpo a casa de novo e abro as janelas para o ar circular. Foi doloroso quando você se foi mas agradeço pelos cacos que ficaram pelo chão. Hoje aprendi a ser uma pessoa melhor, aprendi a viver sem você.


You Might Also Like

2 comentários

  1. Amei e aamei! Sou apaixonada por textos e livros. Quando vejo algum textinho sobre a vida, ou que se parece um pouco comigo clico logo pra ver! Adoreii o seu cantinho...Beijoos!

    http://clichee-adolescente.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mariana, fico suuuper feliz que tenha gostado!

      Sinta-se super bem vinda ao Idealiizar =D

      beijoos <3

      Excluir

Comentários

SUBSCRIBE

Todo o conteúdo é criado pela equipe do blog e qualquer cópia total ou parcial deve ser creditada ao seu devido autor. - See more at: http://www.raiannymartins.com/2014/03/cartas-para-o-meu-primeiro-amor-mais-um.html#sthash.F1Ctpv9o.dpuf
Todo o conteúdo é criado pela equipe do blog e qualquer cópia total ou parcial deve ser creditada ao seu devido autor. - See more at: http://www.raiannymartins.com/2014/03/cartas-para-o-meu-primeiro-amor-mais-um.html#sthash.F1Ctpv9o.dpuf

Todo o conteúdo é criado pela equipe Idealiizar e qualquer cópia total ou parcial deve ser creditada a seu devido autor. Todas as opiniões aqui expressas são de total responsabilidade de seus autores. Declaro que as imagens aqui utilizadas não são de minha autoria, salvo exceções, e que qualquer problema relacionado ao uso indevido de imagem deverá ser encaminhado para idealizar.me@gmail.com.