Estranho Impar

Estranho Impar - Me disseram que era impossível, fui lá e fiz

19:55

Foto: Felipe Sanchez, meu pequeno grande homem que já exigiu o segundo porque amou o primeiro ♥

Hoje a mulher que faz o café no escritório deve ter me xingado, pelo menos, oito vezes por conta da quantidade dos excessiva de café que fui obrigada a enfiar goela abaixo para me manter acordada o dia todo. Aquele cara do meu lado no metro deve ter me achado uma maluca por chorar e sorrir tantas vezes para a tela do celular. E aquela senhora mau humorada que cruzou comigo pela avenida Paulista com certeza me julgou errado por sorrir tanto para o céu antes das seis horas da manhã. 


Mas eles não sabem quantas horas passei madrugada afora colocando meus sentimentos em palavras na tela do computador. Quantos foras eu já tomei para hoje poder olhar o céu sem me preocupar se alguém me espera em casa ou não.  Quanta coisa eu aprendi nesses dois anos, tantas outras que vivi e inúmeras delas que escrevi. Eles não sabem quantas pessoas ja me leram, por inteira, sem ao menos me conhecer. Eles definitivamente não sabem como é passar por tudo isso se ver no caminho de onde quer chegar.

Me perdi tantas vezes que me assusto ao descobrir que finalmente me encontrei. O caminho foi difícil e daqui pra frente sera tanto quanto, ou mais. Só que não me perguntaram se eu me importava em colocar roupas velhas e ir em busca de algo que eu acredito. Não perguntaram se eu me importava de fazer curativos em cima dos "nãos" que eh fosse receber. Se eu me preocupava de ter que me remendar, mais uma vez, de dentro pra fora. Também não me perguntaram se eu teria medo do que pudesse acontecer. A vida é incerta oras, se eu não colocar ela nos eixos quem, além de eu mesma, vai conseguir se manter nos trilhos?

Queria poder citar cada nome, cada história,  cada porre que me inspirou, mas infelizmente foram muitos. Ontem, la no bar, com aquela montanha de livros que continham meu nome em baixo, outros tantos passando pelas minhas mãos para uma dedicatória, me tiraram tantos sorrisos sinceros que não consegui me conter dentro de mim de tanta emoção.  clichê, mas bem real eu garanto. Aquelas pessoas que passaram por la só para me dar um beijo. Minha família,  meus amigos de verdade, meus companheiros de balada, meus amigos de infância e outros tantos que mal vejo por conta da correria.  Infelizmente não existem palavras para que eu possa agradecer devidamente.

Obrigada, do fundo do meu coração, a todas as pessoas que compareceram ao lançamento do Estranho Impar. Obrigada aos presentes, aos ausentes de corpo mas super presentes de coração. Obrigada aos que viajaram horas pela estrada vazia, os que moram aqui do lado e aqueles que não faziam mais do que a obrigação de comparecer (essa vai pras minhas idealizadoras ♡). Obrigada aos colaboradores do blog,  mesmo aqueles que nao puderam ir. Aqueles que eu sequer conhecia mas apareceram como se fossem meus grandes amigos, e agora com certeza se tornarão. Aos que encomendaram livros por outras pessoas,  a minha dedicatória que acabou indo parar em Las Vegas por conta da ansiedade. Obrigada pelas palavras, abraços e mensagens de boa sorte.

Só acreditei em mim porque antes vocês me mostraram que eu poderia realmente acreditar e não existe nada melhor do que alguém que você ama apostar todas as fichas em você.  Só tenho a agradecer, a Deus, a vida e a todos aqueles que jamais deixaram de acreditar. Meu nome esta escrito em cima de todas as páginas do Estranho Impar, porque foi escrito por mim, mas saibam que ele foi feito por vocês. 



Marcou bobeira e perdeu o lançamento? Aquela professora da faculdade deu uma apertada bem no dia? Faltou grana, tempo ou disposição? Calma que a gente da um jeito. Se você quiser um exemplar do Estranho Impar autografado me chama no chat, manda um tweet ou um comentário no instagram que eu conto como você pode adiquirir o seu!



You Might Also Like

0 comentários

Comentários

SUBSCRIBE

Todo o conteúdo é criado pela equipe do blog e qualquer cópia total ou parcial deve ser creditada ao seu devido autor. - See more at: http://www.raiannymartins.com/2014/03/cartas-para-o-meu-primeiro-amor-mais-um.html#sthash.F1Ctpv9o.dpuf
Todo o conteúdo é criado pela equipe do blog e qualquer cópia total ou parcial deve ser creditada ao seu devido autor. - See more at: http://www.raiannymartins.com/2014/03/cartas-para-o-meu-primeiro-amor-mais-um.html#sthash.F1Ctpv9o.dpuf

Todo o conteúdo é criado pela equipe Idealiizar e qualquer cópia total ou parcial deve ser creditada a seu devido autor. Todas as opiniões aqui expressas são de total responsabilidade de seus autores. Declaro que as imagens aqui utilizadas não são de minha autoria, salvo exceções, e que qualquer problema relacionado ao uso indevido de imagem deverá ser encaminhado para idealizar.me@gmail.com.