colaborador

A-PE-GO

10:00

Inline image 1

Eu acho sinceramente que o mundo esta na contra-mão, ou devo ser tão louco quanto dizem, mas as pessoas não andam falando demais em desapego? Já não bastam as horas sentados olhando para uma tela de computador, tablet, celular ou que caralha tecnológica seja? Já não basta andar por ai com seus fones de ouvido e esquecer-se do cantar da natureza mesmo entre as grandes metrópoles? - por mais urbanizado que seja um lugar, pare e se concentre que você vai ouvir ao menos um único som de natureza pulsante e permanente. 

Esses dias ouvi um sino de igreja e o som era lindo e forte, mas reparei que ninguém prestava atenção. Porra, a cara da sua mãe ainda esta igual a da ultima vez que você realmente olhou pra ela? Teus amigos engordaram ou emagreceram e você viu isso pelas fotos das redes sociais? Porra mano, tu já desapegou demais, o problema é que deve ficar lendo demais esses romances babacas e a felicidade falsa e inexistente de gente que anda tão down quanto o Cazuza, mas insiste em falar sobre desapego.

Triste, essa é minha definição. Até entendo a teoria utópica dessa modinha ridícula que contaminou até quem não desapegou do ultimo presente do dia 12 de outubro mas, sejamos sinceros, não é desapego, pelo contrario é apego que todos querem, se não pela pessoa que você está a praticar a tal arte do desa... AHH NÃO AGUENTO MAIS ESSA PALAVRA! Você quer apego meu bem, se não quisesse não estaria tentando se lembrar que precisa largar mão de algo, se não largou ainda é porque ainda é importante pra ti, porque ainda tem significado pra ti. 

E se há no mundo uma única merdinha de esperança de algo dar certo tente! Tente com todo o seu coração e não pensando em fazer papel de otário perante aos outros e nem insistir em causas perdidas - porque, vai por mim, elas não existem -, se der errado você terá a consciência limpa e a alma leve. Se der errado não foi por sua culpa pois você tentou. Se quer espalhar alguma “arte” ou “lei” que seja a do apego, pois esse é sinônimo de afeto, ternura e coração.
Não sou contra pessoas decididas que conseguem dizer adeus e encontrar novos “olás” rapidamente. Admiro aquelas que não correm atrás nem de ônibus muito menos de homem, na duvida dê sinal, se não parar, pegue o próximo. As vezes é preciso realmente esquecer alguém e isso dói. Demora e é realmente uma arte mas não vamos espalhar por ai que destruir vínculos junto com memórias e alegrias seja algo cool de se fazer pois não é. Isso se preciso é feito e pronto, é uma decisão e não tem choro nem vela, mas deve ser feito raramente e com maturidade o suficiente pra manter-se as boas experiências.

Esse mundo já anda tão cheio de olhares vazios, belezas cálidas e caladas indignações que me da nos nervos ver que não estão plantando, cultivando e regando o apego, já estamos gelados demais. Aqui vai mais uma súplica:

"Nada vai desmerecer tudo que ainda somos,
A felicidade que eu sonhei não existe sem voltar,
Já provei corações amargos e sei bem como é ter um,
Mas no final a verdade vem e coração não gela por completo.

Num pedaço de trapo ou retalho finquei minha dor
E uma sina chamada saudade que me convidou pra voltar pro meu amor
Não faz sentido alimentar essa saudade,
É não permitir meu coração falar
Essa vontade de te ver de volta
Te ver e não poder te tocar
O que é que eu vou fazer agora
Meu mundo me mantém distante de você E não posso me entregar. Se o teu sol não brilhar por mim??
E um dia aprendo a amar você
Você não sai da minha cabeça
E minha mente voa

Tive que chegar até aqui pra enxergar um grande amor.
Perdoa amor, volta amor..."










Agradecimentos a L.L e M.G por renunciar 
a renuncia da compaixão e me ajudar a entender.

You Might Also Like

0 comentários

Comentários

SUBSCRIBE

Todo o conteúdo é criado pela equipe do blog e qualquer cópia total ou parcial deve ser creditada ao seu devido autor. - See more at: http://www.raiannymartins.com/2014/03/cartas-para-o-meu-primeiro-amor-mais-um.html#sthash.F1Ctpv9o.dpuf
Todo o conteúdo é criado pela equipe do blog e qualquer cópia total ou parcial deve ser creditada ao seu devido autor. - See more at: http://www.raiannymartins.com/2014/03/cartas-para-o-meu-primeiro-amor-mais-um.html#sthash.F1Ctpv9o.dpuf

Todo o conteúdo é criado pela equipe Idealiizar e qualquer cópia total ou parcial deve ser creditada a seu devido autor. Todas as opiniões aqui expressas são de total responsabilidade de seus autores. Declaro que as imagens aqui utilizadas não são de minha autoria, salvo exceções, e que qualquer problema relacionado ao uso indevido de imagem deverá ser encaminhado para idealizar.me@gmail.com.