amor

Eu, você e uma saudade inconveniente

10:00

 Verborgene Seite des Lächelns

Eu estava morrendo de vontade de te ligar. Manda ruma mensagem perguntando como tinha sido sua semana e se tinha curado, finalmente, sua última gripe. Eu sei que nossos últimos momentos juntos não foram do jeito que nós esperávamos, e queríamos. Eu pelo menos nunca quis. Eu nunca quis sentir seu corpo longe do meu. Nunca quis ter que acordar de madrugada com um vazio ao meu lado, e também dentro do peito. Eu nunca, jamais, imaginaria ficar tanto tempo sem falar com você sobre absolutamente nada. Mas eu segurei, engoli o choro e me obriguei a seguir em frente. Era o que todos diziam que eu precisava fazer.

Eles diziam, também, que eu deveria esperar você sentir minha falta antes de sair correndo e gritando que sentia saudades. Mas eu esperei. Não só uma ou duas semanas, foram uma ou duas semanas de um silêncio ensurdecedor. Eu já estava surtando. Imaginei momentos onde eu apareceria na sua porta, com um sorriso no rosto e um pedido de desculpas. Tudo bem meu amor, me perdoa, eu te perdoo e a gente continua seguindo a nossa vida. Juntos.

Espera ele sentir saudade, porque amar sozinho dói. E, caralho, não é que no final eles tinham mesmo razão? Amar sozinho não só machuca como me destrói por dentro. É tanta saudade acumulada, tanto pedido de desculpa engasgado e tanta vontade de um abraço dele que me sufoca. Me perco imersa a sentimentos que outrora nem sabia que existiam.

Sinta saudades de mim, por favor. Sinta saudades do meu cheiro na sua roupa, de dormir agarradinho comigo, de fazer loucuras e do sabor do meu beijo. Sinta saudades de ter as conversas mais malucas com alguém, de dizer besteiras para me fazer sorrir, de fazer o motor do seu carro gritar enquanto corríamos, a toda velocidade, pela avenida. Sinta saudades de mim, não muito, só um pouquinho. Sinta saudades de mim para poder me ligar, perguntar como eu estou e se eu me curei, finalmente, da minha última gripe.


Me mande uma mensagem dizendo nada numa madrugada de sexta feira, para que eu possa responder e no fim da noite possamos nos entrelaçar de novo. Sinta saudades de me ter olhando nos seus olhos, apertando forte a sua cintura e pedindo para ficar um pouco mais. Sinta saudades de mim, o que custa? Engole esse orgulho bobo, como eu mesma já engoli várias vezes, e diz que sente saudades de mim. Porque, menino, sentir saudade sozinho dói. 


You Might Also Like

0 comentários

Comentários

SUBSCRIBE

Todo o conteúdo é criado pela equipe do blog e qualquer cópia total ou parcial deve ser creditada ao seu devido autor. - See more at: http://www.raiannymartins.com/2014/03/cartas-para-o-meu-primeiro-amor-mais-um.html#sthash.F1Ctpv9o.dpuf
Todo o conteúdo é criado pela equipe do blog e qualquer cópia total ou parcial deve ser creditada ao seu devido autor. - See more at: http://www.raiannymartins.com/2014/03/cartas-para-o-meu-primeiro-amor-mais-um.html#sthash.F1Ctpv9o.dpuf

Todo o conteúdo é criado pela equipe Idealiizar e qualquer cópia total ou parcial deve ser creditada a seu devido autor. Todas as opiniões aqui expressas são de total responsabilidade de seus autores. Declaro que as imagens aqui utilizadas não são de minha autoria, salvo exceções, e que qualquer problema relacionado ao uso indevido de imagem deverá ser encaminhado para idealizar.me@gmail.com.