amor

Mais uma dose de vodka, menos uma dose de você

12:39

Evelina Martinsson | via Tumblr
Estava com as amigas em alguma balada qualquer, era pelo menos a sétima chance aquela semana que eu tentava te esquecer. Não me culpe por falhar em todas elas, eu estava realmente tentando. E conseguia durante alguns momentos até que algum amigo nosso vinha me perguntar como eu estava e se tínhamos conversado, lá iam-se todas as barras de chocolate que comi em vão porque, depois disso, eu não conseguia mais parar de pensar em você. Me doía saber que talvez você não pensasse em mim da mesma forma, que não machucava tanto aqui quanto aqui. Eu acho que, no fim, acabei sofrendo por nós dois. O problema é tínhamos dor pra caralho.

Tinha um copo de vodka pela metade em uma das mãos e o celular no bolso. Não, hoje eu definitivamente não quero pensar em você a ponto de culpar o álcool no dia seguinte por conta as minhas mensagens carregadas de amor e saudade não recíprocas. Hoje eu só queria me divertir, talvez fingir ser outra pessoa, uma que não te conheceu. Alguns caras vieram me dizer o quanto eu era linda, mas eu acho que não conseguiria sentir outros braços que não fossem os seus, por enquanto. Então mantive a postura de alguém que eu gostaria de ser. Livre, independente, desimpedida e feliz. Mantinha o sorriso no rosto e as vezes nem acreditava que ele era real e não apenas mais uma das minhas doses extras de esquecimento de você.

Senti meu celular tocando no bolso e quase derrubei meu copo tentando busca-lo. Era uma mensagem sua, vi meu coração acelerar e minhas mãos suaram gélidas. Não, por favor, hoje não. "Eu te amo, estou com saudades" foi tudo que li na nossa conversa que eu outrora já havia excluído. Tive uma vontade repentina de dizer que te amava de volta e que a saudade já havia me sufocado fazia muito tempo. 

Pedir desculpas pelas coisas que eu nunca fiz e jurar para nós dois que seriamos felizes dali para frente, que nada mais importava desde que eu tivesse você ao meu lado, segurando minha mão. Eu surtei, por alguns segundos, imaginando nós dois. "Eu te amo", palavras vazias que só notei quando abri a mente para o que acontecia ao meu redor.

Você não me amava quando fugiu de mim no casamento dos meus tios para tentar dar em cima da minha prima meio bêbada. Você não me amava depois de me deixar em casa,  sair com seus amigos e voltar no dia seguinte com a pior ressaca do mundo pedindo para que eu cuidasse de você. E eu, juntava todo o amor que sentia por você enquanto me desdobrava tentando te fazer ficar melhor.

Você não me amava  quando me acusou de coisas que nunca fiz, quando se fez ausente nos momentos mais importantes da minha vida ou quando me fazia chorar de saudade  numa sexta a feira de madrugada enquanto você tinha ido viajar com seus amigos. Você definitivamente não me amava. Guardei o celular no bolso e tomei mais um gole. Pensei mais uma vez na sua ultima mensagem. "Eu te amo, estou com saudades". Ah garoto, eu também. Eu também me amava e, infelizmente estava com saudades de mim.


You Might Also Like

2 comentários

  1. Qu texto lindo e muito, muito triste :(

    http://senhoritaslunaticas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Miiah, obrigada
      Os mais belos poemas possuem, por trás de si, as histórias mais cheias de lágrimas, né?

      Excluir

Comentários

SUBSCRIBE

Todo o conteúdo é criado pela equipe do blog e qualquer cópia total ou parcial deve ser creditada ao seu devido autor. - See more at: http://www.raiannymartins.com/2014/03/cartas-para-o-meu-primeiro-amor-mais-um.html#sthash.F1Ctpv9o.dpuf
Todo o conteúdo é criado pela equipe do blog e qualquer cópia total ou parcial deve ser creditada ao seu devido autor. - See more at: http://www.raiannymartins.com/2014/03/cartas-para-o-meu-primeiro-amor-mais-um.html#sthash.F1Ctpv9o.dpuf

Todo o conteúdo é criado pela equipe Idealiizar e qualquer cópia total ou parcial deve ser creditada a seu devido autor. Todas as opiniões aqui expressas são de total responsabilidade de seus autores. Declaro que as imagens aqui utilizadas não são de minha autoria, salvo exceções, e que qualquer problema relacionado ao uso indevido de imagem deverá ser encaminhado para idealizar.me@gmail.com.