banda

Cinco shows nacionais para você pedir bis

10:37



Sou do tipo de pessoa que prefere pagar caro para ir a um show de alguma banda que eu gosto do que passar horas na fila de espera de uma balada qualquer. Também gosto de balada e sou apaixonada por música eletrônica mas nada supera um show delicioso de uma das suas bandas preferidas.

No ano passado eu fiz um post sobre os cinco shows internacionais que valem o seu ingresso - se você não viu se liga nele aqui. Mas existem shows nacionais nesse mesmo nível? Sim, existem. Então listei os cinco shows nacionais que vão fazer você querer bis.




ForFun

Essa eu nem sei por onde começar. ForFun é uma banda carioca que começou a se aventurar nesse espaço musical lá por 2005 e foi ganhando cada vez mais espaço na cena underground da época. O que mais me admira e surpreende é que eles são uma das poucas bandas que não se renderam a massa ou seja, o som deles tem a mesma pegada desde o começo.

Forfun | via Facebook

Ir a um show do ForFun para mim é como pegar a alma, lavar num rio de águas cristalinas e deixar secar ao sol das quatro da tarde. Assistir ao pôr do Sol na areia da praia com uma bela companhia ou abrir uma cerveja gelada na sexta feira depois do expediente. São detalhes, coisas boas, que ajudam a te relaxar e não é diferente de estar frente a frente com esses caras. 




Scracho

Esses meninos são meus queridinhos desde que tive o prazer de conhecê-los. Scracho também é uma banda carioca que começou a ganhar espaço recentemente, lá por 2010 quando houve o lançamento do acústico MTV.

O Mundo Até Aqui - Making Of <3 | via Facebook

A pegada dos shows também é única, mas completamente diferente da banda anterior. Cada acorde, cada letra e cada puxão de sotaque que o Diego dá nos deixa com as cabeças nas alturas e um arrepio constante na espinha. É delicioso, como se sentir rodeado por aqueles que você ama, ver uma criança suja de chocolate ou seu cachorro correndo ao seu encontro depois de tê-lo deixado sozinho o dia todo. Isso tudo se resume a um show da banda Scracho. Agitação, prazer e inúmeros cabelinhos da nuca arrepiados do começo ao fim.




Dead Fish

Esses caras são outros, daquela minoria, que não se deixaram levar pela massa. Fazem parte da mesma cena underground que começou entre 2004/2005 e se mantiveram no mesmo pique da época.


Essa acho que é uma das bandas que pega mais no meu pessoal, pra dizer a verdade. Um dos primeiros shows que eu pude ir sozinha, pagar com meu dinheiro, fazer esquenta na porta, brigar com o namorado e me jogar no bate cabeça foi do Dead Fish.  É bem nostálgico e uma energia que me lembra a Tay aos quinze anos. É como voltar para todas aquelas coisas que já vivi e doeram mas me ensinaram bastante. Então, para mim, Dead Fish se resume a dar uma passada rápida no passado e ficar rouca pelo menos o resto da próxima semana.



Raimundos

Ah, como não gostar? Os caras estão aí antes mesmo desta que vos escreve pensar em nascer. Um cara que admiro muito saiu dessa banda para trilhar novos caminhos e deu super certo, Tico Santa Cruz não cansa de fazer sucesso pelas suas ideias e falta de papas na língua. Entre idas e vindas a banda se mantém hoje mas infelizmente não com o mesmo sucesso de antes, na era Rodolfo.


É possível perceber uma leve e direcionada mudança da banda quando analisando o antes e depois do Rodolfo. Eles mudaram um pouco mas, dizem, que a vibe dos shows continua a mesma. Não tive o prazer, e idade o suficiente, para presenciar esse cara nos palcos mas posso dizer sem dúvida alguma que os caras que ficaram seguram bem a barra e mostram que a banda tenta se manter no mesmo pique. Raimundos, para mim, também é voltar um pouquinho ao passado e sair de lá implorando por mais.



Charlie Brown Jr

Infelizmente essa não vai dar para pedir bis. Charlie Brown Jr foi uma das bandas que marcaram minha infância e adolescência, me deixando perdida em pensamentos e lições até hoje. Uma daquelas que é impossível esquecer depois que se vê ao vivo. Chorão lá em cima, com seu skate e roupas largadas declamando frases que nunca cansaremos de ouvir.

Charlie

Chorão, para mim, é e sempre será um dos melhores cantores da cena atual. Seu nome ficou marcado na memória, no coração e na mente daqueles que o seguiam e faziam de suas palavras um enorme mantra para a vida. Escrevi um texto quando ele virou anjo - se não leu chega aqui - e cada dia mais provo pessoalmente o baque que sua ausência causou na cena musical. Então, para mim, esse foi um dos melhores shows que já tive a oportunidade de presenciar. Uma energia incrível, uma vontade louca de abraçar todos ao redor e fazer do mundo um lugar melhor para se viver. Coisas de Chorão, coisas de Charlie Brown Jr. 





You Might Also Like

2 comentários

  1. Muito bom esse post. Raimundos da época do Rodolfo nos vocais me fazem ter vontade de ver um show, mas hoje em dia não sinto muita vontade, eu já assisti um show do Charlie Brown Jr. faz muito tempo, mas valeu a pena.

    Arthur Claro
    http://www.arthur-claro.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vale a pena né? Espero que surjam mais bandas desse nível, estamos precisando!


      Beijos <3

      Excluir

Comentários

SUBSCRIBE

Todo o conteúdo é criado pela equipe do blog e qualquer cópia total ou parcial deve ser creditada ao seu devido autor. - See more at: http://www.raiannymartins.com/2014/03/cartas-para-o-meu-primeiro-amor-mais-um.html#sthash.F1Ctpv9o.dpuf
Todo o conteúdo é criado pela equipe do blog e qualquer cópia total ou parcial deve ser creditada ao seu devido autor. - See more at: http://www.raiannymartins.com/2014/03/cartas-para-o-meu-primeiro-amor-mais-um.html#sthash.F1Ctpv9o.dpuf

Todo o conteúdo é criado pela equipe Idealiizar e qualquer cópia total ou parcial deve ser creditada a seu devido autor. Todas as opiniões aqui expressas são de total responsabilidade de seus autores. Declaro que as imagens aqui utilizadas não são de minha autoria, salvo exceções, e que qualquer problema relacionado ao uso indevido de imagem deverá ser encaminhado para idealizar.me@gmail.com.