contos e crônicas

Permita-se

21:04

Nothing | via facebook
tos da vida que insistimos em chamar de tristeza? Pois é, todo mundo já sentiu isso e se esta sentindo agora tenho duas péssimas noticias: 1) não será a ultima vez e 2) a culpa é provavelmente sua.

Vamos ser sinceros, podemos colocar a culpa na sociedade injusta que nos impõe limites e nos dita como devemos viver. Podemos colocar a culpa nos nossos pais que nos traumatizaram em algum momento da infância. Podemos culpar um babaca qualquer que não me deu o devido valor, mas geralmente - e digo geralmente, pois sempre há exceções -, a culpa é sua. 

A sociedade influencia sim nas nossas vidas, as vezes até demais e é difícil manobrar seus caminhos para fugir dessa vadia sem coração, mas a qualquer instante da vida você pode e deve erguer junto com a sua cabeça um belo dedo do meio olhando nos olhos desta puta controladora e desafia-la a amar mais os valores que ela impõe do que você ama a si mesmo. 

E seus pais... parafraseando um cara que admiro muito “são crianças humanos como você”, e vamos deixar entre a gente, você pode concordar apenas em seu intimo que seu orgulho não será ferido, eles na maioria das vezes erram tentando te proteger e você sabe disso. Meu pai é um xucro de mão cheia e cabeça vazia a novas visões da vida, mas uma única vez ele me disse algo que me lembrarei para sempre e tenho levado desde então como teoria de vida “Permita-se estar errado”. Quando tomei essa frase pra mim ela me ajudou a viver melhor.

Pra me permitir estar errado eu tenho que analisar as coisas da minha visão e dos demais envolvidos, depois disso me tornei um pouco mais teimoso? Sem duvida alguma, afinal depois disso comecei a parar mais pra pensar. Não abrir a boca antes de conceber uma ideia e a não sair por ai tornando a minha boca um aparelho excretor de teorias vãs e ideias infundadas. Para me permitir estar errado em penso mais em como fazer para estar certo, porque “verdade” e “certo” são palavras ambíguas demais para tantos milhões de interesses individuais. Na duvida escolha o caminho que menos machucará você e as pessoas em volta, a melhor batalha continua sendo aquela que não é travada.

Tudo o que foi dito até agora não é nenhuma novidade completa, você sabe de tudo isso. A felicidade é um caminho e não é um caminho que deve se percorrer sozinho. Amar a si mesmo sem se tornar um otário egocêntrico não é tão difícil. Proteja seu coração mas nunca permita que ele se endureça, são regras básicas e se você não as anda seguindo você pode querer culpar a sociedade, sua infância ou até mesmo o destino, mas se você não esta fazendo algo para seguir em frente sorrindo a culpa continuará sendo sua. E não será a ultima vez que se entristecerá.

Não compre brigas com a injustiça, entre nelas de graça! Chore na hora que der vontade, cada lagrima que você segura é como apertar tão forte a esperança de que vai passar que acaba sufocando-a. Grite o mais alto que conseguir pois Buda disse que as bocas gritam porque os corações estão afastados. Arranhe suas cordas vocais se preciso pra trazer a quantidade de corações que ouvirem teus sonhos. Sonhe como se estivesse vivendo em um filme da Disney. Cante como se estivesse no palco da Broadway, mesmo que você não tenha ritmo, voz ou talento pra cantar, pois o que faz uma boa musica é o sentimento que cada palavra carrega quando sai da boca de quem canta.

Não se intimide. Não se acomode. Tire o tempo que precisar pra pensar, mas pense. Se agirmos todas as vezes pensando em conjunto, e não só em estar bem, vamos melhorando o mundo um do outro e o nosso sem nem perceber.



You Might Also Like

0 comentários

Comentários

SUBSCRIBE

Todo o conteúdo é criado pela equipe do blog e qualquer cópia total ou parcial deve ser creditada ao seu devido autor. - See more at: http://www.raiannymartins.com/2014/03/cartas-para-o-meu-primeiro-amor-mais-um.html#sthash.F1Ctpv9o.dpuf
Todo o conteúdo é criado pela equipe do blog e qualquer cópia total ou parcial deve ser creditada ao seu devido autor. - See more at: http://www.raiannymartins.com/2014/03/cartas-para-o-meu-primeiro-amor-mais-um.html#sthash.F1Ctpv9o.dpuf

Todo o conteúdo é criado pela equipe Idealiizar e qualquer cópia total ou parcial deve ser creditada a seu devido autor. Todas as opiniões aqui expressas são de total responsabilidade de seus autores. Declaro que as imagens aqui utilizadas não são de minha autoria, salvo exceções, e que qualquer problema relacionado ao uso indevido de imagem deverá ser encaminhado para idealizar.me@gmail.com.