amor

Desapegando da solidão - Quando voltei a sorrir

10:00

.


Eu ouvi tua voz e não tremi.
 
Senti suas mãos nas minhas e não senti calor algum percorrer minha espinha, seus lábios tocaram os meus e nenhum doce invadiu minha boca, e então eu chorei. Pelo simples motivo de não sentir nada, eu ainda gostava de estar ao seu lado e tudo que te desejo ainda é o melhor que o mundo pode te dar.
 
Mas algo mudou, algo dentro de mim e talvez você tenha percebido também, talvez meus olhos que sempre te contam tudo, também te contaram isso. Não que isso mude tudo que vivemos, nem o quanto importante tenha sido pra mim, aconteceu, o tempo passa e cruelmente leva as coisas embora.
 
Você se foi a muito tempo, mas eu te mantive em meu peito, trancado como o tesouro mais precioso que eu poderia ter, eu te prendi tanto aqui, que quando olhei o ouro tinha virado metal, e dos enferrujados. Já não havia produto que podia traze-lo de volta. E o pior, eu não queria.
 
Eu quero seu bem estar, nem por isso significa que é com você que eu queira estar.
 
Me senti livre, não de você, mas do sentimento agoniante que me amarrava em você e cada vez que tentava me soltar apertava mais o nó me enforcando pouco a pouco. Eu respirei sem nada no pescoço, nem na garganta. Eu dormi, sem nenhuma lágrima em meu travesseiro.
 
Eu sorri. 

E foi por outro motivo.
 
 
 

You Might Also Like

0 comentários

Comentários

SUBSCRIBE

Todo o conteúdo é criado pela equipe do blog e qualquer cópia total ou parcial deve ser creditada ao seu devido autor. - See more at: http://www.raiannymartins.com/2014/03/cartas-para-o-meu-primeiro-amor-mais-um.html#sthash.F1Ctpv9o.dpuf
Todo o conteúdo é criado pela equipe do blog e qualquer cópia total ou parcial deve ser creditada ao seu devido autor. - See more at: http://www.raiannymartins.com/2014/03/cartas-para-o-meu-primeiro-amor-mais-um.html#sthash.F1Ctpv9o.dpuf

Todo o conteúdo é criado pela equipe Idealiizar e qualquer cópia total ou parcial deve ser creditada a seu devido autor. Todas as opiniões aqui expressas são de total responsabilidade de seus autores. Declaro que as imagens aqui utilizadas não são de minha autoria, salvo exceções, e que qualquer problema relacionado ao uso indevido de imagem deverá ser encaminhado para idealizar.me@gmail.com.