15 de mai de 2015

Hey, vem cá! Que tal você se apaixonar por mim?






































Eu quero te pedir para que se apaixone por mim. Assim, sem pressa mesmo, deixando as coisas acontecerem como elas sempre aconteceram. Mas se apaixone por mim. Eu sei que geralmente peço o contrário, te obrigo a se afastar e ficar me observando do canto da sala tempo o suficiente para que eu dê uma brecha no meu peito congelado. Mas dessa vez, sabe, se apaixone por mim.

Se apaixone pelo meus cabelos bagunçado depois de uma noite perfeita ao seu lado, pelos meus olhos apaixonados quanto te observam de longe e pelas minhas mãos frias que vivem buscando as suas para se aquecer. Se apaixone pelo meu jeito estranho de levar a vida, se apaixone o suficiente para não conseguir me esquecer.

Se apaixone pelas minhas músicas, pelas minhas palhaçadas e por todos os meus filmes chatos que você não aguenta mais assistir. Se apaixone pela minha chatice, pelo meu jeito mimado e as vezes um pouquinho carente de você. Então vai cara, medo por quê? Vá logo, se apaixone por mim.

Eu não sou como todas as outras e, se você não fugiu ate agora, o que te impede de ficar ate o dia seguinte? Ou o próximo? Mês que vem quem sabe? No ano seguinte seria melhor. Tempo indeterminado, pra mim, seria perfeito. Então vai, se apaixone por mim. Vou segurar sua mão em público e ao mesmo tempo vou querer que ninguém saiba o que se passa entre nós. Deixa que a gente se entende, aqui ou debaixo dos lençóis.

Se apaixone por mim uma, duas, quinze vezes. Se apaixone o suficiente pra rir de qualquer trocadilho que eu faça, pra me provocar até minhas bochechas ficarem vermelhas de raiva e ciúmes. Pra me pegar por trás, me puxar pela cintura e dizer "hey, é brincadeira" enquanto beija o meu pescoço e me faz perder todos os sentidos.

Se apaixone por mim porque eu não vou embora, estarei com você ate o fim. Quero rir dos seus momentos felizes e te abraçar na minha conchinha pequena quando o mundo quiser te sufocar. Não vou te afogar com meu amor, muito menos deixar para lá por medo de me apegar a ti. Então vai, confia, se apaixone por mim. 

Se apaixone por mim porque, cara, eu já tô gamadinha em você.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários