amor

Porque tanto medo de amar?

10:14



Ou do amanhã. Da greve do metrô. Do relatório que não ficou pronto. Da última prova. Pra que medo? Mas, de todos eles, pra que, cara, tanto medo de amar?

É muita procura pelo desapego e pelo sossego que isso aparenta causar. Mas dá sossego mesmo? Porque nunca vi super herói sossegado se escondendo do inimigo atrás de uma máscara fajuta. Então, para que mascarar um sentimento? Pra que se esconder, atravessar a rua, não responder aquelas mensagens, mudar o caminho por medo de encontra-lo e sentir aquele arrepio subindo pela espinha. Porque se negar ao outro?

Ninguém é obrigado a se dar por inteiro, apenas seja inteiro e deixe que o outro complete suas brechas. Porque ninguém é completo e, se isso acontece, sempre se procura algo a mais para buscar. Então porque não deixar que o outro se encaixe em você? Um dia ou dois na semana, uma conchinha no domingo de manhã e um entrelaçar de dedos na hora do sexo. Porque tanto medo de se entregar?

Só, por favor, não seja metade de ninguém.

Depois de alguns baques é normal sentir a necessidade de se fechar num mundo só nosso. Três doses de tequila e um colo quente, garçom! Porque precisamos provar para nós mesmo que somos livres, que o outro não faz falta nenhuma e que tá tudo muito bem melhor que antes obrigada! Mas não, definitivamente não. Para que se contentar com a falta se você pode se sufocar nos braços do outro? Pra que se negar? Cara, amar é tão bom.

Desapego é sossego, amar é turbulento até demais. Mas bons marinheiros não navegam em águas calmas. Todo mundo carrega uma bagagem emocional e, no fundo, por mais que a sociedade implante isso na sua cabeça, ninguém é feliz sozinho. Não que sua felicidade dependa única e exclusivamente do outro, mas é tão mais gostoso sabe? Aquele friozinho na barriga e aquela coragem de pular de cabeça.

Sua felicidade depende só de você, mas aí, o que custa deixar outra pessoa chegar e deixar seu dia um pouquinho mais colorido?

Então, porque medo? Amar é bom, é fácil e acalma. O sexo é selvagem, é carinhoso, é romântico e prazeroso. É bom olhar nos olhos do outro e se ver estampado ali em forma de amor. Então, para que se negar?

O mundo pede.

O mundo implora.

A sociedade suplica.

Mais amor, meu bem, por favor!

You Might Also Like

0 comentários

Comentários

SUBSCRIBE

Todo o conteúdo é criado pela equipe do blog e qualquer cópia total ou parcial deve ser creditada ao seu devido autor. - See more at: http://www.raiannymartins.com/2014/03/cartas-para-o-meu-primeiro-amor-mais-um.html#sthash.F1Ctpv9o.dpuf
Todo o conteúdo é criado pela equipe do blog e qualquer cópia total ou parcial deve ser creditada ao seu devido autor. - See more at: http://www.raiannymartins.com/2014/03/cartas-para-o-meu-primeiro-amor-mais-um.html#sthash.F1Ctpv9o.dpuf

Todo o conteúdo é criado pela equipe Idealiizar e qualquer cópia total ou parcial deve ser creditada a seu devido autor. Todas as opiniões aqui expressas são de total responsabilidade de seus autores. Declaro que as imagens aqui utilizadas não são de minha autoria, salvo exceções, e que qualquer problema relacionado ao uso indevido de imagem deverá ser encaminhado para idealizar.me@gmail.com.