amor

Carta aberta a Forfun - desabafo de fã

11:26




Tudo tem um começo, meio e fim. O problema é que nunca esperamos pelo terceiro.

Fui apresentada ao som desses caras quando tinha apenas 14 anos. Muitas coisas se passavam comigo naquela época. Em meio a crises de depressões, distúrbios alimentares e uma playlist extremamente "auto depreciativa" um amigo algum dia me piscou no MSN e disse "kinha, escuta esse som". E foi assim, com Cara Esperto, que eu conheço a melhor banda do Brasil.

Me senti violada a princípio. Como esses caras se sentem no direito de entrar na minha vida e mudar completamente tudo aquilo que eu conhecia sobre música? Ate aí tudo bem, eu podia suportar. Era só mais uma música boa que entrava pelos meus ouvidos e invadia minha mente. ate que surgiu o primeiro show.

Numa casa de shows pequena lá na baixada santista. Inúmeras bandas tocaram antes mas se me perguntarem eu sinceramente não me lembro de uma sequer. Não posso descrever exatamente cada momento, cada música e cada acorde que tocou naquela noite - até porque ja faz muito tempo - mas a vibe... Ah, a vibe é a mesma desde aquela época.

Desde então Forfun nunca esteve fora das minhas playlists. Em meio a sons novos, CD' fresquinhos e turnês pelo Brasil todo lá estava uma garota atrás do computador tentando entender como quatro garotos podiam ter mexido tanto com a mente dela. Essa garota era eu. Esses garotos eram eles. E posso confessar? Até hoje não descobri. A diferença é que parei de procurar explicação.

A cada ano que passou desde que Cara Esperto tocou pela primeira vez no meu mp3 eu fui mudando, por dentro e por fora. Cresci, amadureci, mudei de ideias. Troquei a cor do cabelo oito (ou doze) vezes desde então. Conheci pessoas novas, me abri para o mundo e descobri que ele estava pronto para se abrir para mim também. Como se dissesse "hey menina, esquece suas neuras em casa e vem aqui me dar um abraço". Mas e aí, o que isso tem a ver com Forfun? Essa é a parte difícil de explicar.

Todo mundo tem seus dias ruins. Onde tudo começa a dar errado. É uma treta porque o cara te encoxou no metrô de manhã. É o chefe que não para de reclamar. É o salário que mal da para as contas no fim do mês. É a faculdade e a incerteza de estar ou não indo pelo caminho certo. É a famosa crise doa vinte e tantos, todo mundo tem. Todo mundo tem até que descobre um mantra, uma fé para carregar pela vida e transformar tudo um lugar mais Suave de se viver.

Meu mantra pessoal veio desses caras ai. A cada dia ruim que passo é uma chance de estuprar meu replay do celular com Morada no último volume. Uma camiseta molhada de lágrimas e um coração mais leve depois: sinto como se nada tivesse acontecido.

As vezes algo mais pesado precisa ser feito. Um tratamento mais intensivo. É ai que eu penso " preciso se um show do Forfun". É inexplicável toda aquela vibe que sai dos palcos e atinge a multidão direto no peito como se gritasse "a vida é boa porra, aproveite!". E eu aproveitei. Ah, como aproveitei. Foram tantos shows que ja perdi as contas. Tantas pessoas que conheci através desses caras e hoje fazem parte da minha vida. Foram tantas ondas turbulentas pelos quais eles me ajudaram a navegar com calmaria.

Então rapazes. Eu só tenho a agradecer.

Por todos esses anos. Pela companhia nas noites solitárias, pelos conselhos mais eficazes que qualquer psicólogo e por todo mini ataque cardíaco a cada show. Obrigada por cada música, cada ensinamento, cada palavra. Obrigada por ajudaram tanto a mim quanto a tantas outras pessoas a levarem uma vida mais leve e desapegada. Obrigada por fazerem parte da minha vida ontem, hoje, amanha e sempre!

Daqui vinte ou trinta anos quero poder continuar gritando: PUTA QUE PARIU, É MELHOR BANDA DO BRASIL.

E para vida inteira, graças a vocês, farei de mim casa de sentimentos bons. Onde a má fé não faz morada e a maldade não se cria.



You Might Also Like

0 comentários

Comentários

SUBSCRIBE

Todo o conteúdo é criado pela equipe do blog e qualquer cópia total ou parcial deve ser creditada ao seu devido autor. - See more at: http://www.raiannymartins.com/2014/03/cartas-para-o-meu-primeiro-amor-mais-um.html#sthash.F1Ctpv9o.dpuf
Todo o conteúdo é criado pela equipe do blog e qualquer cópia total ou parcial deve ser creditada ao seu devido autor. - See more at: http://www.raiannymartins.com/2014/03/cartas-para-o-meu-primeiro-amor-mais-um.html#sthash.F1Ctpv9o.dpuf

Todo o conteúdo é criado pela equipe Idealiizar e qualquer cópia total ou parcial deve ser creditada a seu devido autor. Todas as opiniões aqui expressas são de total responsabilidade de seus autores. Declaro que as imagens aqui utilizadas não são de minha autoria, salvo exceções, e que qualquer problema relacionado ao uso indevido de imagem deverá ser encaminhado para idealizar.me@gmail.com.