amor

Decifra-me ou te devoro

10:38


love will tear us apart

Criar expectativa é uma bela de uma merda - com o perdão da palavra. É como se o meu mundo girasse em torno de algo ou alguém e dependesse unicamente daquilo para voltar aos eixos. O que mais me deixou perdida foi me perder no seu mundo. Esqueci completamente de deixar as coisas por aqui funcionando e pulei de cabeça em algo que eu acreditava ser concreto mas descobri, no final, que ele era bem duvidoso.

Eu me lembro do dia em que te conheci. Era o garoto tímido do grupo de amigos. Tinha uma única cerveja na mão durante a noite toda e não mantinha contato visual com quase nenhum desconhecido, inclusive eu. Comentava algumas coisas que não conseguia ouvir com um de seus amigos, que era meu amigo também. Eu te observava de longe, no seu mundinho fechado e unicamente seu. Fui embora com um beijo no rosto e uma notificação no celular no dia seguinte.

Conversamos por mensagem durante dois dias até que você me chamasse para sair. Nada de muito significativo, eu diria - hoje. Fomos ao cinema e depois na mesma boate onde nos conhecemos. Eu senti que meu mundo era pequeno demais para mim e o seu estava ali, disponível assim como o lado esquerdo da sua cama de solteiro. Eu fui me entregando cada dia mais. Até que os dias viraram semanas e as semanas viraram meses. Ouvi alguns amigos dizendo que eu deveria sair desse transe de apaixonada e cair na real, mas eu sempre te defendia e dizia que não era como todos os outros.

No fim você acabou provando que era. 

Se me dissessem que eu teria que recolher meus pedaços depois de te ver partir eu provavelmente teria desacreditado com todas as minhas forças. Você conheceu minha família, meus medos, meus desejos mais obscuros e meus prazeres mais perversos. Eu nunca tinha tido tanta conexão com um outro alguém, talvez meu sinal deva estar um pouco fraco para ter sintonizado você. 

Me recolhi por inteira e digo todos os dias ao espelho que amar não dói, porque eu realmente espero conseguir amar de novo.

Fiquei curiosa para decifrar a sua expressão, mas no fim você acabou me devorando.



You Might Also Like

0 comentários

Comentários

SUBSCRIBE

Todo o conteúdo é criado pela equipe do blog e qualquer cópia total ou parcial deve ser creditada ao seu devido autor. - See more at: http://www.raiannymartins.com/2014/03/cartas-para-o-meu-primeiro-amor-mais-um.html#sthash.F1Ctpv9o.dpuf
Todo o conteúdo é criado pela equipe do blog e qualquer cópia total ou parcial deve ser creditada ao seu devido autor. - See more at: http://www.raiannymartins.com/2014/03/cartas-para-o-meu-primeiro-amor-mais-um.html#sthash.F1Ctpv9o.dpuf

Todo o conteúdo é criado pela equipe Idealiizar e qualquer cópia total ou parcial deve ser creditada a seu devido autor. Todas as opiniões aqui expressas são de total responsabilidade de seus autores. Declaro que as imagens aqui utilizadas não são de minha autoria, salvo exceções, e que qualquer problema relacionado ao uso indevido de imagem deverá ser encaminhado para idealizar.me@gmail.com.