amor

Deixa ele te amar

11:21

Tarte Aux Mûres | via Tumblr

"Água mole, pedra dura. Coração tanto apanha até que fura.". Não, espera, acho que não é assim o ditado. Enfim... Mas é que cansa apanhar, sabe? É como um filme que a gente assiste um milhão de vezes só porque tá passando na TV mas o roteiro nem é tão bom assim. E os céticos perguntam: mas porque começar algo que você já sabe como vai terminar? E os românticos respondem: porque é vazia uma vida sem amor.

É vazia porque, cara, já viu alguém feliz sem amar? Pode ser amor próprio, de irmão ou daqueles que aquece o coração e alma de dentro pra fora. Que erradia pelos poros e faz deste um lugar muito melhor. Tá, assumo, faço parte do grupo dos românticos.

Mas aí ele chega, logo depois que o último foi embora. Você está segurando os restos que o outro deixou, arrumando toda a bagunça e tentando entender que "que diabos eu fiz de errado dessa vez". Entre lembranças fresquinhas, e a saudade do cheiro do outro, ele aparece como quem não quer nada e pede licença para ficar um pouquinho mais. Mas não, tá uma zona aqui, por favor vá procurar sua galera que o peito ultimamente anda fechado para balanço e afogado de vodka barata.

Mas ele insiste. 

E um pedaço racional grita dentro de você como uma mãe que pede pelo amor de Deus que não mate meu único filho. 

Por favor, não mate o que sobrou na minha fé no amor. 

Mas porque você não deixa ele te amar de uma vez por todas? Pare de se perguntar porque daria errado se talvez possa dar certo. Talvez tenha zero virgula e uma sequência de infinitos noves de dar certo. Porque amar é isso menina, vai dizer que ainda não aprendeu? Amar é viver de incertezas, a espera de furacões que te tirem do eixo e outros tantos que surgem como balão de oxigênio enquanto a maré de solidão insiste em nos pegar.

As vezes é só paixão. As vezes é só apego. Mas as vezes, minha querida, é amor.

Então que seja amor enquanto puder, enquanto durar, enquanto lhe couber. Deixe que ele te ame, mesmo que de forma errada, mesmo que diferente de tudo aquilo que você já se imaginou vivendo dentro de um grande amor.

Deixe aqueles seus sonhos de caminhar sob o Sol de Toscana, tomando sorvete de palito e de mãos dadas com o amor-da-sua-vida-que-parece-um-modelo-alemão guardados e substitua-os por uma tarde no parque, espantando os mosquitos com a mão ao lado daquele cara que tem o sorriso meio torto. 

Esquece o medo de que as coisas terminem como da última vez e aproveita o abraço. 

O beijo quente. 

A mão na nuca. 

O sorriso besta. 

As borboletas no estômago. 

E a ansiedade.

Você já sabe como termina. Você sabe, mais do que qualquer um, que ninguém morre de amores que partiram. Se tiver que recolher os cacos e se montar de novo para o próximo, tudo bem porque você já aprendeu como é que faz. Mas se você tem tanta certeza do que acontece no fim porque ainda insiste em encontrar o amor?

Então vai, porque nada melhor do que morrer de amor e continuar vivendo.



You Might Also Like

2 comentários

  1. E quando sai seu livro mesmo? hahaha' Amei o texto, ele ficou muito lindo! E é verdade, amor é bem isso mesmo, nunca é fácil, e quem dera que fosse! Amei, amei, amei Tay! <3 Beijoos :**

    http://www.mar-de-ideias.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. HAHAHA Aii linda obrigada! O livro já saiu, sabia?

      Tá a venda aqui ó: http://editoramultifoco.com.br/loja/product/estranho-impar/ *-*

      Obrigada pelo carinho ♥

      Excluir

Comentários

SUBSCRIBE

Todo o conteúdo é criado pela equipe do blog e qualquer cópia total ou parcial deve ser creditada ao seu devido autor. - See more at: http://www.raiannymartins.com/2014/03/cartas-para-o-meu-primeiro-amor-mais-um.html#sthash.F1Ctpv9o.dpuf
Todo o conteúdo é criado pela equipe do blog e qualquer cópia total ou parcial deve ser creditada ao seu devido autor. - See more at: http://www.raiannymartins.com/2014/03/cartas-para-o-meu-primeiro-amor-mais-um.html#sthash.F1Ctpv9o.dpuf

Todo o conteúdo é criado pela equipe Idealiizar e qualquer cópia total ou parcial deve ser creditada a seu devido autor. Todas as opiniões aqui expressas são de total responsabilidade de seus autores. Declaro que as imagens aqui utilizadas não são de minha autoria, salvo exceções, e que qualquer problema relacionado ao uso indevido de imagem deverá ser encaminhado para idealizar.me@gmail.com.