amor

Sabe quando você conhece alguém?

11:52

You're everything my love ❤️❤️❤️❤️

Existe sempre um tipo especifico de pessoa que entra na nossa vida no minuto exato, e é disso que eu tenho medo.

É aquele minuto que você demora pra sair de casa e esbarra no cara de camisa xadrez. É aquela vontade de comer pão de queijo que te faz conhecer o moreno na fila da padaria. É aquela balada sem graça que você decide ir com suas amigas e acaba anotando seu numero no telefone do rapaz de calça vinho. É aquela mensagem que você ignora semanas, e de repente sente vontade (ou sente tédio) e responde o “oi”.

Então você se pega respirando fundo e pensando coisas como “finalmente”. Aquele alguém que não precisa de muito pra te fazer entender que uma menininha, um cachorro chamado Jonhy e uma lareira são suficientes pra vocês. É aquela conversa de dois dias que te faz revirar os pés tentando controlar a ansiedade.

Sabe? Sabe quando você conhece alguém e precisa segurar os dedos pra não cruzá-los e implorar “não me deixa errar dessa vez”. Sabe? Quando você conhece alguém e no dia seguinte já tira o Santo Antonio do copo d’agua por que sabe que encontrou alguém. É quase como se alguém tivesse enfiado suas vontades goela abaixo e o ensinado a dizê-las como se já fosse dono de uma parte sua que você sempre esteve procurando o proprietário.

O amor nos da à chance de vivermos sua rapidez e eficácia, é um prato gostoso se saborear.

Uma semana depois as coisas  já não são as mesmas, de repente a camisa xadrez fica linho azul, a vontade de pão de queijo vira pão francês amanhecido, a balada continua sem graça e sem calça vinho, e o “oi” não tem mais resposta.

Sabe? Quando você conhece alguém, e esse alguém vem com cheiro e tom de quem quer ser quase-rosa, e de repente vira cinza. Quando ele tem a tela em branco e você as tintas, mas ninguém borra ninguém. Sabe? Quando você consegue sentir o cheiro do bolo vindo da cozinha, e quando levanta achando que vai comer descobre que é na casa do vizinho?

O amor nos da á chance de vivermos sua rapidez e eficácia, mas nem sempre é um prato fácil de saborear.

Sabe quando você conhece alguém e não sente vergonha de escutar Jorge e Mateus como se fosse “Os anjos cantam” e de repente vira “A gente nem ficou”?

Não se apavora. A gente sempre conhece alguém que balança, a gente sempre conhece alguém que nos faz acreditar no que a gente não acreditava mais. A diferença, é que se esse alguém não é capaz de durar, não á capaz de te dar nada das coisas que você achou que seria. Então se a porta abrir e ele for andando até lá na pontinha do pé pra você não o ver saindo de fininho, levante e acene. 

Que vá com Deus.

O amor nos dá a chance de vivermos, não deixe de acreditar nele. Uma hora você conhece alguém. 

Alguém que fique. 

Alguém que ame. 

Rápido e eficaz, um prato fácil de saborear. 

Você vai vê. 


You Might Also Like

0 comentários

Comentários

SUBSCRIBE

Todo o conteúdo é criado pela equipe do blog e qualquer cópia total ou parcial deve ser creditada ao seu devido autor. - See more at: http://www.raiannymartins.com/2014/03/cartas-para-o-meu-primeiro-amor-mais-um.html#sthash.F1Ctpv9o.dpuf
Todo o conteúdo é criado pela equipe do blog e qualquer cópia total ou parcial deve ser creditada ao seu devido autor. - See more at: http://www.raiannymartins.com/2014/03/cartas-para-o-meu-primeiro-amor-mais-um.html#sthash.F1Ctpv9o.dpuf

Todo o conteúdo é criado pela equipe Idealiizar e qualquer cópia total ou parcial deve ser creditada a seu devido autor. Todas as opiniões aqui expressas são de total responsabilidade de seus autores. Declaro que as imagens aqui utilizadas não são de minha autoria, salvo exceções, e que qualquer problema relacionado ao uso indevido de imagem deverá ser encaminhado para idealizar.me@gmail.com.