desenho

Filme: Divertida mente

11:26

Imagem de popcorn, wall-e, and cute

Você já se perguntou o que se passa dentro da sua cabeça e por que você faz as coisas que faz? Bem, Divertida mente serve exatamente para isso, te explicar o que exatamente ocorre aí dentro. Conheça Alegria (Amy Poehler), Nojinho (Mindy Caling), Tristeza (Phyllis Smith), Medo (Bill Hader) e Raiva (Lewis Black). Cinco criaturinhas que vivem dentro da cabeça de uma garotinha chamada Riley (Kaitlyn Dias) que acompanhamos durante todo o filme.


Primeira coisa que eu tenho para dizer, que animação MAIS LINDA, dizer que amei é pouco, é aquele tipo de filme que toda vez que você lembra ou cita sorri instantaneamente ou emite algum tipo de ruído que remete à fofura, como os eternos “Want” ou “óooh”. É quase impossível não se apaixonar por esse filme. Primeiro que todo o design, fotografia e direção de arte são lindos a ponto de você ficar deslumbrado com tanta beleza em cena. As cores, imagens, personagens, cenários e objetos são de tirar o fôlego. Partindo para a história, tenho que dizer que é maravilhosa, linda, emocionante, bem construída e desenvolvida. Sem dizer que é muito envolvente, do tipo que você não quer largar quando acaba.

Riley passa por momentos importantes e diferentes na vida e vamos acompanhando até que elementos internos e importantes são perdidos em sua “central de controle”, e aí a jornada de Alegria e Tristeza começa na tentativa de trazer a felicidade de Riley de volta.


Outra coisa muito legal e interessante são as “explicações” que o filme dá para pequenas coisas, como por exemplo, por que aquele comercial irritante, com uma música mais irritante ainda não sai da cabeça? E por que você esquece números de telefone e nomes de presidentes após as provas de história? São sacadas muito boas, é genial e fofo. O estúdio que fabrica os sonhos é uma das melhores coisas que já vi. A explicação dos amigos imaginários também é ótima e muito emocionante por sinal.


Sabe outro ponto muito importante? Explicar não só às crianças, mas para o público em geral, a importância de todas as pessoas à sua volta e o papel que cada uma tem para a sua felicidade. Tristeza é sempre deixada de lado, como alguém que só atrapalha e é completamente subestimada, para confessar eu mesma a achava bem chatinha no início, mas isso vai mudando ao decorrer do filme, porque você começa a perceber os diferentes papéis que todos nós exercemos de forma relevante para que as coisas sejam construídas de forma coletiva e certa. Até mesmo a Alegria pode ser egoísta às vezes.


E também a forma como o filme lida e explica a transição de Riley da infância para a adolescência, com certeza uma das fases mais confusas pelos quais os seres humanos passam.


A Pixar é maravilhosa, isso é inegável, tirando “Carros”, todos os seus filmes entram em minha lista de filmes favoritos. E na lista de animações a Pixar reina quase que exclusivamente, suas animações são cheias de emoção, genialidade, humor e fofura. Não aquelas animações bobas que às vezes nem crianças gostam, estas são feitas para adultos e crianças e que encanta ambos na mesma proporção. Quem nunca assistiu “Up – Altas Aventuras”, “Monstros S.A”, “Toy Story” ou “Procurando Nemo” e se encantou, sorriu e se emocionou? Confesso que derrubei lágrimas em “Divertida mente” sim, lágrimas genuínas, porque o filme é uma obra linda. É de encher o coração.


Up e Monstros S.A governam o topo da minha lista de animações favoritas, para mim são insuperáveis, porque mexem comigo de uma forma extraordinária e não me canso nem por um minuto toda vez que revejo. Mas definitivamente “Divertida mente” entrou nessa lista porque merece muito. Por favor, já deem o Oscar de Melhor Animação para este filme, pois é impossível outra animação desse ano superá-la.


You Might Also Like

3 comentários

  1. Parece ser bem divertido esse filme.
    Beijos

    http://mysecretworldbells.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Filme perfeito *-* com certeza entra na lista de animações favoritas

    ResponderExcluir

Comentários

SUBSCRIBE

Todo o conteúdo é criado pela equipe do blog e qualquer cópia total ou parcial deve ser creditada ao seu devido autor. - See more at: http://www.raiannymartins.com/2014/03/cartas-para-o-meu-primeiro-amor-mais-um.html#sthash.F1Ctpv9o.dpuf
Todo o conteúdo é criado pela equipe do blog e qualquer cópia total ou parcial deve ser creditada ao seu devido autor. - See more at: http://www.raiannymartins.com/2014/03/cartas-para-o-meu-primeiro-amor-mais-um.html#sthash.F1Ctpv9o.dpuf

Todo o conteúdo é criado pela equipe Idealiizar e qualquer cópia total ou parcial deve ser creditada a seu devido autor. Todas as opiniões aqui expressas são de total responsabilidade de seus autores. Declaro que as imagens aqui utilizadas não são de minha autoria, salvo exceções, e que qualquer problema relacionado ao uso indevido de imagem deverá ser encaminhado para idealizar.me@gmail.com.