amor

Pelo fim do ode as conquistas baratas

13:45

Imagem de girl, bed, and smoke

Nesta manhã, enquanto eu procurava acalento pra uma noite de sono mal dormida, um turbilhão de pensamentos e um coração pedindo clemencia, li e reli textos dos mais variados. Havia sempre um ode ao que-se-dá-sem-receber, e isso me causou uma náusea quase não-passageira.

Montei uma lista no meu bloco de notas sobre o que eu espero de alguém, só assim eu percebi quantas vezes cai na expectativa de todo sobre um meio. Era difícil organizar os meus pensamentos, mas conseguia anotar "chega de joguinhos" "chega de banho-maria", tudo acompanhado de muitas exclamações.

Minha ultima experiencia foi uma prova viva do quanto eu aprendi, e passei uma vida sentimental toda alimentando caro o que valia pouco.

Como quando você gosta de alguém pelo que essa pessoa não te dá. Como quando você aceita ser estepe. Como quando você prefere acreditar mais nas vindas, do que nas idas, mesmo que você tenha mais de uma do que da outra. Como quando você se convence que torcer pro mesmo time, ouvir as mesmas musicas, ter os mesmos amigos e cursar o mesmo curso são motivos maiores do que as barbáries, mentiras, indiferenças e ironias.

Nós passamos uma vida nos convencendo de que somos reféns de "nãos" e "sins" em seus graus de dificuldade. Porque se quisermos ir, é melhor ficarmos. Se quisermos dizer "SIM", insistimos no não. Porque se o outro ficar, tem que ser exclusividade da minha persuasão e técnica.

NÃO.

Grito as 3h a manhã, exausta de tanto pensar. Quero que parem de nos convencer que somos frutos gritados e feitos de amores de estratégia. Eu sou muito mais que um não na hora certa e um sim na melhor. Sou muito maior que um silêncio quando se quer gritar, e muito melhor que um sorriso quando se quer beijar. Eu não sou prisioneira desse amor picado, porque sou parte inteira de um quebra-cabeças.

Digo não ao Ode, a sobre "como-ter-o-amor-da-sua-vida", ou a "como-conquistar-um-amor". Não se conquista um amor, SE GANHA. Um presente por quem nós somos, e pelo quanto uma outra pessoa pode nos admirar por isso. Não ganhamos por quantas vezes podemos marcar de ver aquela pessoa e sumirmos, ou ignorarmos, ou acharmos que se cruzarmos bem as pernas na hora certa temos um novo certificado na parede.

Me sinto sufocada por instantes, até dar meu ultimo suspiro de alivio: eu não preciso ser de alguém que me quer pelo o que eu faço.

Eu preciso ser de alguém que me queira pelo que eu sou.

E eu sou muito melhor que essas conquistas baratas.



You Might Also Like

0 comentários

Comentários

SUBSCRIBE

Todo o conteúdo é criado pela equipe do blog e qualquer cópia total ou parcial deve ser creditada ao seu devido autor. - See more at: http://www.raiannymartins.com/2014/03/cartas-para-o-meu-primeiro-amor-mais-um.html#sthash.F1Ctpv9o.dpuf
Todo o conteúdo é criado pela equipe do blog e qualquer cópia total ou parcial deve ser creditada ao seu devido autor. - See more at: http://www.raiannymartins.com/2014/03/cartas-para-o-meu-primeiro-amor-mais-um.html#sthash.F1Ctpv9o.dpuf

Todo o conteúdo é criado pela equipe Idealiizar e qualquer cópia total ou parcial deve ser creditada a seu devido autor. Todas as opiniões aqui expressas são de total responsabilidade de seus autores. Declaro que as imagens aqui utilizadas não são de minha autoria, salvo exceções, e que qualquer problema relacionado ao uso indevido de imagem deverá ser encaminhado para idealizar.me@gmail.com.