amor

Eu não queria estar aqui

12:40

Imagem de love, couple, and boy

Eu queria estar em qualquer lugar entre os seus joelhos e sua cintura, perdido naquele mar que é você. Não queria estar aqui. Não aqui, nessa cama vazia, nesse frio do ar condicionado enrolado em uma coberta que não é você, abraçando um travesseiro que não é você. Eu queria estar ai. Onde quer que seja que você esteja, eu queria estar entrelaçado nas suas pernas, enroscado, fazendo você sentir minha barba roçando na sua virilha, escutando teu gemido baixo, por excesso de discrição, e invejando a parede arranhada pelas suas unhas. 

Eu queria estar com as mãos agarradas ao seu quadril te pegando com tanta força quanto possível, te segurando ali como quem tenta evitar uma fuga. E a minha boca percorrendo todo seu corpo, peitos, barriga, umbigo, coxas, joelhos, pés... Eu queria me perder ai e ai ficar, horas, dias, meses. Pra sempre. Fazer do seu corpo meu habitat natural, fazer do som do seu gemido uma rotina, transformar os espasmos do seu corpo, enquanto você goza, em coisas tão naturais quanto um “Bom dia.”

Eu não queria estar aqui. Eu queria estar ai, contigo. E dessa vez sem romance ou amorzinho. Eu queria te foder. Trepar como dois bichos, suar até derreter, perder o fôlego até quase morrer, sentir o coração pulsando como se fosse explodir, sentir os corpos se chocando com força suficiente pra dividir um átomo, sentir seu corpo, seu cheiro. Você. Te segurar pelos braços, puxar seu cabelo, te deixar de quatro, te destruir. 

E depois te olhar como quem nada fez e sair do quarto pra pegar uma água, te deixando ali, deitada, achando que um trem te atropelou.

Mas aqui, aqui eu não queria estar... Eu queria estar ai, seja pra dar uma foda de horas num quarto decente ou uma rapidinha num terreno qualquer com aquela pressa e o medo de alguém passar e ver. Eu queria estar ai, atrás de você, sussurrando tudo isso no pé do seu ouvido, te segurando pela cintura e pelo pescoço e recomeçando todo o processo de te jogar na cama e te gastar, te cansar, te esgotar. 

Eu quero cada gota sua, de cada pedaço desse corpo, de cada vão de dedo e fresta e dobra, de cada parte disso tudo que é meu. E é meu. Mesmo que seja só por esse momento no qual estamos brevemente juntos, mas é meu. E por ser meu eu posso usar como bem entender. 

E por isso eu digo: Eu não queria estar aqui...


You Might Also Like

0 comentários

Comentários

SUBSCRIBE

Todo o conteúdo é criado pela equipe do blog e qualquer cópia total ou parcial deve ser creditada ao seu devido autor. - See more at: http://www.raiannymartins.com/2014/03/cartas-para-o-meu-primeiro-amor-mais-um.html#sthash.F1Ctpv9o.dpuf
Todo o conteúdo é criado pela equipe do blog e qualquer cópia total ou parcial deve ser creditada ao seu devido autor. - See more at: http://www.raiannymartins.com/2014/03/cartas-para-o-meu-primeiro-amor-mais-um.html#sthash.F1Ctpv9o.dpuf

Todo o conteúdo é criado pela equipe Idealiizar e qualquer cópia total ou parcial deve ser creditada a seu devido autor. Todas as opiniões aqui expressas são de total responsabilidade de seus autores. Declaro que as imagens aqui utilizadas não são de minha autoria, salvo exceções, e que qualquer problema relacionado ao uso indevido de imagem deverá ser encaminhado para idealizar.me@gmail.com.