4 de fev de 2016

Toda mulher precisa de um babaca


Imagem de smoke, boy, and black and white

Toda mulher tem, teve ou vai ter um dia. Não importa de onde ele veio, como ele chegou e como pretende partir. As vezes ele nem quer partir. As vezes você também nem quer que ele parta. Mas todo mundo já teve um babaca em sua vida. E quer saber de uma coisa? Agradeça ao babaca.

Agradeça a ele por você ter aprendido a distinguir a espécie no meio da multidão. Pelo amor rápido e certeiro que as vezes a gente precisa, mesmo que doa um pouquinho depois. Agradeça ao babaca por você ter que dar a volta por cima, porque são nesses momentos que a gente aprende a gostar mais de nós mesmos.

Agradeça ao babaca pelas noites de sexo. Porque se esse cara não fosse babaca talvez ele não transasse tão bem. Talvez ele não tivesse te ensinado aquela posição maravilhosa do kamasutra. Talvez, se não fosse por isso, ele não serviria pra absolutamente nada.

Agradeça ao babaca que deu uns beijos na sua melhor amiga enquanto você ia no banheiro da boate. Ele também te ensinou que, não importa a beleza do boy, se a amizade for verdadeira nem Brad Pitty é motivo pra traição.

Agradeça ao babaca por ter entrado na sua vida e mostrado que não era daquela vez, porque o destino tinha coisa muito melhor guardadinha na manga. E que aí, depois do babaca,  você aprendeu o que era amor próprio. Aprendeu que para amar alguém precisava primeiramente amar a si mesma.

Agradeça ao babaca. Porque toda mulher que se preze precisa de três itens básicos no armário: vestido preto, batom vermelho e um ex cafajeste.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários