dica

Série: Flesh and Bone

14:02

Imagem de popcorn, food, and sugar

Flesh and Bone é uma minissérie do canal Starz, o mesmo responsável por Outlander, que acompanha a história de Claire, uma jovem bailarina com um passado difícil que entra para uma grande companhia de balé em Nova York.


A minissérie que deu o que falar por seus tons de realismo e nudez, a ótima produção e bailarinas de verdade, tinha como objetivo ser uma série completa com algumas temporadas planejadas, mas devido ao custo dos episódios e a agenda dos dançarinos a Starz resolveu transformá-la em minissérie e construir uma história com começo, meio e fim.

Com um total de 8 episódios a obra consegue te fazer prender a respiração do começo ao fim. Particularmente sou apaixonada por filmes com a temática do balé. Com um olhar simples e inspirador como em Billy Elliot, ou os bastidores nada glamourosos apresentados em Cisne Negro todos me fascinam e sempre são grandes candidatos à minha lista favoritos.


No caso de Flesh and Bone temos um olhar crítico e pesado sobre o mundo dos bailarinos. Claire possui um enorme talento e logo cresce na companhia, mas ela acaba descobrindo que as dificuldades estão prestes a começar e são bem piores do que imagina.

Comparações a sinopse de Cisne Negro podem surgir, mas não se engane, a série possui um excelente e independente enredo que não lembra outras obras do gênero, conquistando qualquer espectador, fã de dança ou não. Assisti todos os episódios em 2 dias, e apenas não vi tudo de uma vez porque não queria acabar logo com meu “estoque” da série que me cativou totalmente.


A história é muito boa, bem construída, e sempre com reviravoltas fazendo com que aos poucos o enredo cresça no decorrer dos episódios. A trama é bem abrangente, não foca apenas na vida de Claire na companhia, a história vai de problemas emocionais, máfia russa até incesto.

Os atores são ótimos, tanto os dançarinos e protagonistas quanto o elenco de apoio como o irmão de Claire e Romeo entregam um trabalho de qualidade, convencem, emocionam e arrasam nas cenas de dança.

Aliás, Sarah Hay (Claire) concorreu na categoria de Melhor atriz em Minissérie ou Filme para TV no Globo de Ouro desse ano.


As cenas de dança são maravilhosas, super bem feitas, apaixonantes, bem elaboradas e superiores a maior parte das obras da mesma temática. Até os ensaios conseguem ser cenas deslumbrantes.

Fiquei realmente muito triste quando descobri que seria apenas uma minissérie e que não seríamos presenteados com novas temporadas, mas felizmente há um fim. Nada de pontas soltas para matar o espectador de ansiedade ou curiosidade.


A série possui um tom sério bem envolvente e instigante que te faz querer ver episódio atrás de episódio e cativa o espectador através de sua pequena temporada. De fato umas das minisséries que mais amei assistir.

Alem da indicação de Sarah Hay, Flesh and Bone também concorreu na categoria de Melhor Minissérie ou Filme para Tv.


You Might Also Like

0 comentários

Comentários

SUBSCRIBE

Todo o conteúdo é criado pela equipe do blog e qualquer cópia total ou parcial deve ser creditada ao seu devido autor. - See more at: http://www.raiannymartins.com/2014/03/cartas-para-o-meu-primeiro-amor-mais-um.html#sthash.F1Ctpv9o.dpuf
Todo o conteúdo é criado pela equipe do blog e qualquer cópia total ou parcial deve ser creditada ao seu devido autor. - See more at: http://www.raiannymartins.com/2014/03/cartas-para-o-meu-primeiro-amor-mais-um.html#sthash.F1Ctpv9o.dpuf

Todo o conteúdo é criado pela equipe Idealiizar e qualquer cópia total ou parcial deve ser creditada a seu devido autor. Todas as opiniões aqui expressas são de total responsabilidade de seus autores. Declaro que as imagens aqui utilizadas não são de minha autoria, salvo exceções, e que qualquer problema relacionado ao uso indevido de imagem deverá ser encaminhado para idealizar.me@gmail.com.