20 de abr de 2016

Ele não viu problema

Imagem de girl, sad, and alone

Até porque que mal havia em virar o pescoço para olhar como minha bunda balançava naquele vestido? Ele não viu nada demais em fazer sons sugestivos enquanto eu passava, como se quisesse me sugar entre os dentes. Ele também não viu problema em sussurrar baixinho, mas em alto e bom tom, um "gostosa".

Ele não viu problema em dizer que me chupava inteira, que passava a semana inteira comendo marmita enquanto tinha um filé daqueles dando sopa por aí. Ele não viu problema em encostar seu pinto em mim, com a desculpa de que o transporte público estava muito cheio.

Ele não viu problema em puxar meu braço na balada e dizer que eu precisava provar o beijo dele e, quando recusei, ele não viu problema nenhum em me chamar de vadia, afinal com aquele vestido, salto alto e drink na mão é claro que eu estava ali para isso.

Ele não viu problema em passar a mão nos meus peitos enquanto eu pedia licença para passar pela multidão. Ele também não viu problema em tocar uma punheta, enquanto estava sentado no banco atrás do meu, no ônibus.

Ele não viu problema em me seguir de carro, em uma rua deserta, porque eu estava sozinha voltando para casa depois de um dia cansativo no trabalho. Ele também não viu problema em me convidar várias vezes para sentar no banco do passageiro.

Ele não viu problema em me colocar dentro de um táxi, depois de uma noite de bebedeira com as amigas, e me levar pro motel, mesmo que eu não tivesse condições de opinar sobre isso. Ele não viu problema em me ameaçar e pedir para que eu descesse no próximo ponto, eu estava sozinha mesmo.

Ele não viu problema em me arrastar para o meio do matagal e rasgar minha roupa a força. 

Ele não viu problema em me ameaçar e fazer sexo comigo, mesmo que eu gritasse pedindo para parar. Ele não viu problema em acabar com a minha vida depois disso, afinal eu estava sozinha.

Eu estava ali para isso.


2 comentários:

  1. Esse texto reflete tudo o que nós mulheres sentimos e passamos, é um medo que só a gente conhece e é impressionante o número de caras que simplesmente desdenham disso

    http://pequenamiia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Um dos mais fodas que você escreveu até hoje. Parabéns!!!

    ResponderExcluir

Comentários