contos e crônicas

Feminismo para quem?

12:39

Imagem de crying, girl, and sad

Eu sou mulher. Eu sou sua mãe, sou sua irmã, sou sua esposa. Eu sou sua companheira de igreja, sou sua colega de trabalho, sou sua amiga de infância. Eu sou mulher. E eu tenho medo.

Tenho medo de sair na rua, seja as seis horas da manhã ou as seis da tarde. Seja indo trabalhar ou voltando da balada. Seja para ir até a esquina ou atravessar o estado. Eu tenho medo.

Tenho medo de passar em frente as construções, tenho medo de passar em frente as borracharias, marcenarias, academias e bares de esquina. Não desmerecendo a profissão, mas eu tenho medo. Medo da aglomeração de homens.

Eu tenho medo de pegar um táxi depois de ter bebido um pouquinho a mais e ficar com receio de dirigir. Tenho medo que o taxista resolva fazer o caminho mais longo, mais deserto e mais escuro por livre e espontânea vontade.

Tenho medo do meu chefe e a forma como ele me observa enquanto caminho pelo escritório. Tenho medo das suas investidas, mesmo que sutis, de que eu sei o que preciso fazer para subir de cargo. 

Eu tenho medo.

Tenho medo de estar na balada com as amigas e um desconhecido me puxar e forçar o beijo. Eu vou recusar. Ele vai me chamar de vagabunda do mesmo jeito. E se questionando dirá que tinha bebido demais ou que eu estava provocando.

Tenho medo de sair de saia, de shorts, de jeans, de vestido, de burca. Porque mesmo coberta até os pés as cabeças vão se virar para mim como cachorros observando o frango assar na padaria.

Eu tenho medo de andar sozinha. Tenho medo de assalto e, pior ainda, se eu não tiver algo bom para dar a ele levar quem sabe ele não me leva? E que força eh tenho para resistir? Que força eu tenho, além dos meus braços fracos, do grito aguda e do desespero que corre no peito?

Que voz eu tenho perante a sociedade que acha normal ter medo?

Perante uma sociedade que acha que estou pedindo. Que culpa a vítima e vitimiza o agressor?

Eu sou mulher.

Eu tenho medo.



You Might Also Like

0 comentários

Comentários

SUBSCRIBE

Todo o conteúdo é criado pela equipe do blog e qualquer cópia total ou parcial deve ser creditada ao seu devido autor. - See more at: http://www.raiannymartins.com/2014/03/cartas-para-o-meu-primeiro-amor-mais-um.html#sthash.F1Ctpv9o.dpuf
Todo o conteúdo é criado pela equipe do blog e qualquer cópia total ou parcial deve ser creditada ao seu devido autor. - See more at: http://www.raiannymartins.com/2014/03/cartas-para-o-meu-primeiro-amor-mais-um.html#sthash.F1Ctpv9o.dpuf

Todo o conteúdo é criado pela equipe Idealiizar e qualquer cópia total ou parcial deve ser creditada a seu devido autor. Todas as opiniões aqui expressas são de total responsabilidade de seus autores. Declaro que as imagens aqui utilizadas não são de minha autoria, salvo exceções, e que qualquer problema relacionado ao uso indevido de imagem deverá ser encaminhado para idealizar.me@gmail.com.