amor

Pra que todo esse medo?

12:54

Imagem de tattoo, boyfriend, and couple

Se num dia fui capaz de dançar 6 horas seguidas, adorar Felipe Dylon e tive coragem de descer a maior ladeira da vila de carrinho de rolemã, o que me espanta em querer entrelaçar meus dedos nos seus cabelos?

Se num dia fui capaz de achar que em algum momento aprenderia matemática, que poderia mover alguma coisa com a força do pensamento e usei calça jeans com jaqueta jeans e sandália jeans, o que me espanta quando sinto sua falta assim que você fecha a porta?

Se já odiei rima, se já combinei azul com amarelo, se já quis ser bióloga, o que me espanta quando você toca minha perna e o resto do corpo se desperta?

Deixa pra lá que de nada adianta tentar entender a inconstância do meu querer pelo teu querer, ou tentar enganar a inconstância da vida que te trás e te leva na velocidade em que eu te amo e te odeio. 

Deixa pra lá que não compensa tentar compensar a saudade procurando motivo pra não te ver mais. Até por que, meu bem, ah, se eu conseguisse ser capaz de passar por ti sem sorrir. Deixa pra lá que não sobreviveria a minha constância sem a sua bagunça, e não bagunçaria minha organização se não fosse pelo tom do teu olho castanho.

Mas, também, se um dia fui capaz de viver sem ter você, o que mais me espanta nessa vida?

Nada, meu amor.


You Might Also Like

0 comentários

Comentários

SUBSCRIBE

Todo o conteúdo é criado pela equipe do blog e qualquer cópia total ou parcial deve ser creditada ao seu devido autor. - See more at: http://www.raiannymartins.com/2014/03/cartas-para-o-meu-primeiro-amor-mais-um.html#sthash.F1Ctpv9o.dpuf
Todo o conteúdo é criado pela equipe do blog e qualquer cópia total ou parcial deve ser creditada ao seu devido autor. - See more at: http://www.raiannymartins.com/2014/03/cartas-para-o-meu-primeiro-amor-mais-um.html#sthash.F1Ctpv9o.dpuf

Todo o conteúdo é criado pela equipe Idealiizar e qualquer cópia total ou parcial deve ser creditada a seu devido autor. Todas as opiniões aqui expressas são de total responsabilidade de seus autores. Declaro que as imagens aqui utilizadas não são de minha autoria, salvo exceções, e que qualquer problema relacionado ao uso indevido de imagem deverá ser encaminhado para idealizar.me@gmail.com.