29 de jun de 2016

Apenas mais uma carta de amor

Imagem de coffee, book, and tea

Escrevo no papel todas as coisas que gostaria de te dizer mas não consigo. Não sei se me falta coragem ou se são seus olhos castanhos que me hipnotizam quando sorriem pra mim. Escrevo textos, cartas, poemas e outras tantas coisas que talvez nem tenha um nome específico.

São bilhetes, são idéias, é sobre você, é sobre nós, é sobre nosso futuro. Porque eu me vejo num futuro com você. Bem clichê, eu sei. Mas me deixa imaginar com você, largados no nosso sofá depois de termos pintado a parede da nossa sala de amarelo.

Deixa eu desenhar, em papel ou na mente, seu rosto acordando num domingo cedo. Sua preguiça, seu cheiro, sua cor e seu jeito de fazer amor. Me deixai imaginar como é chegar em casa e ver você fazendo o jantar e reclamando que eu deveria aprender a cozinhar. Me deixa ser boba apaixonada e escrever pra você.

Escrever sobre você e tudo aquilo que me faz sentir.

Tenho pilhas de anotações com seu nome. Já escrevi em muros, em carteiras da  faculdade, no rascunho do bloco de notas do meu celular.

Eu sempre escrevi sobre amor e agora, graças a você, eu escrevo sobre amar.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários