desenho

Filme: Zootopia

13:11

Imagem de caramel, food, and fun

Quem não adora animações? Jogue a primeira pedra quem nunca foi ao cinema “culpando” o irmãozinho ou aquele priminho só para não dar o braço a torcer que estava na fila para ver uma obra do gênero. E quando a animação é fantástica? A sensação é melhor ainda não é mesmo? Senta aí que a dica de hoje é incrível, e como sempre gosto de comentar, animação não é apenas coisa de criança!


Sou apaixonada pela Pixar, qualquer animação sua encaro sem medo, já a Disney às vezes me deixa insegura, pois tem um segmento diferente em suas animações, geralmente um pouco mais infantis. Não me entenda mal, não disse ruins, Enrolados é ótimo, Frozen também é divertido de apreciar e Big Hero 6 é uma delícia (possui um tom diferente dos demais por se basear em uma HQ e ser co-produzida pela Marvel). Mas não podemos negar que seus filmes dialogam de forma diferente, sem aquela profundidade que filmes como Divertida mente, Toy Story e Up possuem. Mas Zootopia é diferente, e digo isso de forma positiva.

Minhas expectativas eram gigantescas, ótimo trailer, um painel sensacional na CCXP 2015 e críticas positivas desde sua estreia nos cinemas. As chances de se decepcionar eram grandes, mas o que aconteceu for me surpreender mais ainda. 

Inteligente e apaixonante, de fato.


Zootopia é uma cidade diferente em um mundo onde “Predadores” e “Presas”, como são denominados, convivem civilizados em sociedade. A coelha Judy Hopps é a primeira policial de sua espécie no departamento. Mas ela acaba percebendo que as coisas não são fáceis como parecem, mas determinada como é e com a ajudinha de uma raposa esperta e malandra, Judy decide mostrar aos outros que não é do tipo que desiste.

Judy é uma protagonista fantástica, inteligente, carismática, fofa, forte e audaciosa, ela tem o dom de mostrar ás pessoas que estão erradas acerca do que consegue ou não. 


A raposa Nick Wilde, seu parceiro relutante é um personagem que dá um excelente gás à trama. Esperto e à margem da lei, Nick se mostra cada vez mais carismático e esperto, conquistando qualquer um.


O visual é incrível, de encher os olhos e de tornar aquele mundo minimalistamente belo, e acredite se quiser crível.

Uma das mensagens que o filme traz, fator no qual podemos destacar na obra um trabalho para crianças e adultos é a mensagem sobre preconceito. Zootopia se diz livre, democrática, inclusiva e um lugar onde você não tem limitações, um mundo longe daquele selvagem e primitivo. mas as relações de poder e o preconceito são enormes. 

Raposas podem ser impedidas de entrar em estabelecimentos devido sua “natureza trapaceira”, animais grandes e predadores, subestimam os pequenos, tornando-os sempre secundários, e quando o jogo vira, as presas também não demonstram nenhuma empatia. Será que te lembra alguma coisa? Como a nossa sociedade talvez? Que se diz livre e inclusiva, mas que ao primeiro sinal de diferença já está pronta com cem pedras nas mãos. 

O filme não é capaz de ensinar apenas os filhos, mas principalmente os pais, com uma obra nada infantil onde não importa a idade, é impossível não se encantar com Zootopia.

O trabalho dos atores é ótimo, conquista, você se sente imerso na obra todo o tempo, o filme passa em minutos. As referências são de tirar o fôlego, se você é fã de O poderoso chefão e Breaking Bad segure o queixo porque você vai se surpreender, com certeza essas cenas entraram para o meu hall de favoritas. E se você assistir na versão brasileira, na dublagem do telejornal existe uma participação do Ricardo Boechat super legal.


O filme disserta sobre intolerância, relações sociais, sonhos e o famoso "acredite em você mesmo e não desista". Mas claro sem perder a diversão no caminho, com situações sagazes e cômicas.


Aquele tipo de animação que melhora sua noite, seu dia, sua tarde e sua madrugada, não deixe de ver.


You Might Also Like

0 comentários

Comentários

SUBSCRIBE

Todo o conteúdo é criado pela equipe do blog e qualquer cópia total ou parcial deve ser creditada ao seu devido autor. - See more at: http://www.raiannymartins.com/2014/03/cartas-para-o-meu-primeiro-amor-mais-um.html#sthash.F1Ctpv9o.dpuf
Todo o conteúdo é criado pela equipe do blog e qualquer cópia total ou parcial deve ser creditada ao seu devido autor. - See more at: http://www.raiannymartins.com/2014/03/cartas-para-o-meu-primeiro-amor-mais-um.html#sthash.F1Ctpv9o.dpuf

Todo o conteúdo é criado pela equipe Idealiizar e qualquer cópia total ou parcial deve ser creditada a seu devido autor. Todas as opiniões aqui expressas são de total responsabilidade de seus autores. Declaro que as imagens aqui utilizadas não são de minha autoria, salvo exceções, e que qualquer problema relacionado ao uso indevido de imagem deverá ser encaminhado para idealizar.me@gmail.com.