12 de jun de 2016

Não é só mais um dia dos namorados

Imagem de pizza, tattoo, and couple

Relacionamentos não tem receita, fórmula mágica, método infalível. Porque o amor é como um furacão que age das mais diversas formas dentro do peito e do estômago. São borboletas que enchem os olhos d'água e a saudade que insiste em aparecer quando o outro não está por perto. 

Não tem duas ou três xícaras de chá e nem deve ser usado com moderação. Ninguém nunca me contou que eu deveria usar duas pitadas a mais de afeto e muito menos uma dose extra de carinho. Ninguém me disse mas você me ensinou. Você me ensinou que eu posso me jogar numa maré constante porque estará ali comigo para me dar a mão e me puxar de volta. Você me ensinou o que é amar, o que é ser amada, o que é gostar tanto de alguém que qualquer notícia boba mereça ser compartilhada durante o dia.

Você me ensinou o que é o amor e hoje eu vejo que ele preenche todo o espaço vazio dentro do meu peito quente, assim como suas coxas que esquentam meus pés de madrugada. Você me ensinou que acordar ao seu lado faz o dia mais bonito, que qualquer mesa de bar da esquina pode se tornar um ótimo restaurante cinco estrelas se a companhia valer a pena. Você me ensinou que eu não preciso ter medo de amar.

Com você eu aprendi que relacionamentos podem ser bons sim. Que eu trocaria mil vezes um salto alto, vestido curto e música alta pelos seus braços num domingo de manhã. Aliás desde que te conheci todos os meus domingos deixaram de ser assim, sabe, domingos. Troco meus sapatos por chinelos, meus vestidos pela sua camiseta e a música alta pelo som da sua respiração depois que me beija.

Relacionamentos não se medem pelo tempo e sim pela intensidade com que as coisas acontecem e, desde que te conheci, minha vida tem sido imensamente mais intensa. 

Que tenhamos muito mais. Muitos beijos, muitos abraços, muitas risadas e boas lembranças. Que com o tempo nosso amor transborde o suficiente para que as outras pessoas sintam, para que outras pessoas se inspirem em amar também.

Obrigada por me ensinar a te amar, moreno.












Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários